Paquistão dá ordem de prisão contra o ex-premier Nawaz Sharif

O escândalo explodiu após a publicação dos 'Panama Papers', documentos de um escritório de advocacia panamenho que mostravam os esquemas financeiros de seus clientes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2017 12:02

ARIF ALI/ AFP
Islamabad, Paquistão - O Tribunal de Contas do Paquistão emitiu nesta quinta-feira (26/10) uma ordem de prisão contra o ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif, destituído em julho por um caso de corrupção, a menos de um ano das eleições legislativas, anunciou um de seus advogados à AFP.

"O Tribunal de Contas divulgou uma ordem de prisão contra o ex-primeiro-ministro por dois supostos casos de corrupção", declarou o advogado Zafir Khan. Sharif, que está em Londres, onde acompanha a esposa que faz tratamento contra o câncer, foi indiciado na semana passada pelo mesmo tribunal. 

O advogado de Sharif afirma que o cliente é inocente. A Suprema Corte destituiu Sharif em julho, quando ele estava em seu terceiro mandato de chefe de Governo, depois das revelações sobre os luxuosos imóveis do ex-premier comprados por meio de contas off-shore.

O escândalo explodiu após a publicação dos 'Panama Papers', documentos de um escritório de advocacia panamenho que mostravam os esquemas financeiros de seus clientes, entre eles Sharif, para evitar impostos ou esconder fortunas.
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.