Facebook aumentará transparência sobre patrocinadores de anúncios políticos

O anúncio vem após onda de críticas sobre o papel da rede social nas eleições dos Estados Unidos em 2016

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/10/2017 20:35

O Facebook informou, nesta sexta-feira (27), que tomará medidas para cumprir a promessa de revelar os patrocinadores de anúncios políticos, em meio a uma onda de críticas sobre o papel da rede social nas eleições dos Estados Unidos em 2016.


A rede social anunciou que começará a testar e refinar suas ferramentas de transparência em anúncios políticos, no mês que vem, com o objetivo de implementá-las antes da eleição do ano que vem nos Estados Unidos.

De acordo com o plano apresentado pelo vice-presidente do Facebook, Rob Goldman, as pessoas poderão clicar em "consulta de anúncios" de uma página para determinar a fonte.

"A transparência ajuda todo mundo, especialmente os grupos de vigilância política e os repórteres, a manter os anunciantes responsáveis por quem eles dizem que são e pelo que eles dizem a diferentes grupos", afirmou Goldman em uma postagem de blog.

"As pessoas devem poder dizer quem é o anunciante e ver os anúncios que eles estão operando, especialmente no caso dos anúncios políticos. Esse nível de transparência é bom para a democracia e é bom para o processo eleitoral".

O Facebook anunciou em setembro um plano para aumentar a "transparência" em relação à propaganda política e contratar mais de 1.000 pessoas para interceptar anúncios enganosos que afetem as eleições. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.