Síria: 21 civis são mortos em ataques sobre 'zona de desescalada'

Cinco crianças estão entre as vítimas, afirmou a ONG, sem especificar se os bombardeios foram lançados por aviões da Força Aérea do governo Bashar al-Assad, ou por seu aliado russo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/11/2017 13:51

Pelo menos 21 civis morreram em ataques aéreos contra a localidade de Atareb, nesta segunda-feira (13/11), em uma zona de desescalada do norte da Síria - anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).



Cinco crianças estão entre as vítimas, afirmou a ONG, sem especificar se os bombardeios foram lançados por aviões da Força Aérea do governo Bashar al-Assad, ou por seu aliado russo.

No oeste da província de Aleppo e nas mãos de vários grupos rebeldes, Atareb sofreu três bombardeios aéreos, afirmou o OSDH, alertando que o balanço de vítimas pode subir.

Foram instauradas quatro zonas de distensão em várias regiões da Síria, onde, em princípio, as forças do governo e os rebeldes devem cumprir um cessar-fogo.

 

Leia mais notícias em Mundo

 

Uma dessas zonas inclui a província de Idlib, a única do noroeste sírio não controlada pelo governo, assim como uma parte das províncias vizinhas de Hama (centro), Aleppo (norte) e Latákia (oeste).

Mais de 330 mil pessoas morreram, e milhões de sírios se viram obrigados a abandonarem suas casas desde o início do conflito no país.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.