Exército sírio intercepta mísseis israelenses perto de Damasco

Os mísseis - afirma o OSDH - caíram perto da região de Keswé, ao sul de Damasco

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/12/2017 11:25

O sistema de defesa aérea do Exército sírio interceptou e destruiu pelo menos dois mísseis israelenses que apontavam para "uma posição militar" na província de Damasco - informou a agência oficial de notícias Sana neste sábado (2/12).

"O inimigo israelense disparou à 0h30 (20h30, horário de Brasília) vários mísseis terra-terra em direção de uma posição militar na província de Damasco", acrescentou a agência.

O ataque causou "danos materiais", afirmou a agência, sem falar em vítimas.

"A defesa aérea do Exército sírio enfrentou a agressão (...) destruindo dois dos mísseis", ainda segundo a Sana, que também não especificou o local.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), vários supostos mísseis israelenses tomaram como alvo "posições do regime sírio e de seus aliados" ao sudoeste de Damasco e explosões foram ouvidas.

Os mísseis - afirma o OSDH - caíram perto da região de Keswé, ao sul de Damasco.

"Um depósito de armas foi destruído", disse o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

A ONG desconhece se o depósito pertence ao Exército, ou a seus aliados: o Hezbollah xiita libanês e o Irã.

Consultado pela AFP, um porta-voz do Exército israelense não quis fazer comentários.

Desde o início da guerra na Síria, em 2011, Israel ataca pontualmente posições do governo sírio, ou comboios de armas com destino ao Hezbollah.

Israel e Síria se encontram oficialmente em estado de guerra há décadas. As relações se tensionaram especialmente pelo apoio do Hezbollah e do Irã, inimigo de Israel, ao governo de Bashar al-Assad.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.