política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aníbal reassume mandato na Câmara para participar de audiência com Cardozo O ministro da Justiça vai se explicar das investigações da Polícia Federal sobre dossiê entregue por petista

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Publicação: 03/12/2013 07:54 Atualização: 03/12/2013 08:02

O secretário de Energia de São Paulo, José Aníbal, se licenciará do cargo por dois dias para reassumir o mandato como deputado federal e ser a principal voz do PSDB contra o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O ministro estará amanhã na Câmara, em audiência conjunta das Comissões de Segurança Pública e Fiscalização e Controle, para falar sobre as investigações sobre o cartel dos trens em São Paulo. “Eu quero olhar nos olhos desse ministro e perguntar por que ele se transformou em menino de recados de um deputado estadual do PT”, disse Aníbal ao Correio. Ele assumirá o mandato no lugar do deputado Carlos Roberto (PSDB-SP).

José Aníbal pedirá licença de dois dias do cargo de secretário de Energia de São Paulo: estratégia do PSDB (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
José Aníbal pedirá licença de dois dias do cargo de secretário de Energia de São Paulo: estratégia do PSDB

A manobra mostra a preocupação e a artilharia pesada que o PSDB prepara contra o ministro da Justiça. Estratégias dessa natureza são utilizadas com frequência em casos de votação de projetos importantes em plenário ou em comissões. Mas a exoneração momentânea de um secretário de estado para participar exclusivamente de uma audiência pública no Congresso não é um fato corriqueiro.

Leia mais notícias em Política

O embate entre os dois promete ser duro. Tanto que os tucanos tendem a deixar a audiência marcada para hoje na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, em temperatura morna, beirando o tédio. “Não vai ter gritos, baixarias, xingamentos. Isso tudo vai ficar reservado para a Câmara”, disse um interlocutor da bancada tucana na Casa.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.