política
  • (14) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Congresso vai gastar R$ 12 mil por mês com lanches para parlamentares No último dia de 2013, a Casa assinou um contrato para que uma empresa forneça nos próximos quatro meses 20 gêneros alimentícios aos senadores em uma copa que funciona ao lado do plenário

Estado de Minas

Publicação: 09/01/2014 15:56 Atualização:

O ano ainda não começou no Congresso Nacional, que só volta a funcionar no início de fevereiro, mas o Senado não descuidou da alimentação dos parlamentares durante as votações. No último dia de 2013, a Casa assinou um contrato para que uma empresa forneça nos próximos quatro meses 20 gêneros alimentícios aos senadores em uma copa que funciona ao lado do plenário. A expectativa é gastar no período R$ 47,6 mil com os itens, quase R$ 12 mil por mês.

O edital anterior, revogado em junho, previa um gasto 62% maior, de R$ 32,1 mil mensais. O contrato antigo foi revogado em junho pela diretoria-geral após matérias na imprensa apontarem o gasto. Na época, a própria diretoria alegou que o certame era “inviável em termos orçamentários”. O novo edital cortou nove dos 29 itens, entre outros, suco de goiaba e de acerola, queijo tipo lanche, chá sabores mate com limão e boldo, adoçante (tamanhos pequeno e médio), achocolatado e café solúvel.

Mas os parlamentares ainda terão a seu dispor, além da água e do tradicional cafezinho, objetos de outros contratos, 1.680 pacotes de biscoito de dois tipos, 3.340 caixinhas de quatro tipos de chás, 2.500 caixinhas de cinco tipos de suco, cerca de 1 mil litros de leite integral e leite em pó, 670 pacotes de pão de forma, outros 670 de torrada “levemente salgada”, 400 quilos de presunto magro, 340 unidades de manteiga, 600 quilos queijo muçarela e 500 unidades de requeijão cremoso.

Leia mais notícias em Política

Pela licitação, a empresa tem 24 horas para fornecer as quantidades requeridas pela administração Senado. Na justificativa constante do edital, a Casa defende a compra dos alimentos: “Trata a presente aquisição de gêneros alimentícios, para uso diário, comprometido com o bom desempenho das atividades do plenário do Senado Federal”.

Garçons
O cafezinho funciona todos os dias, sempre durante as sessões, deliberativas ou não. Pelo espaço, cheio de poltronas e mesas redondas, circulam senadores, assessores, jornalistas e convidados, todos servidos por garçons.

Outras reportagens publicadas no ano passado revelaram que garçons do Senado ganhavam até 20 vezes o piso da categoria em Brasília. Sete deles recebiam entre R$ 7,3 mil e R$ 14,6 mil e todos teriam sido nomeados por atos secretos editados em 2001 pela diretoria-geral da Casa. Logo em seguida, o Senado divulgou nota em que negou a existência dos atos secretos, ressaltando que todos os atos de nomeação estão “devidamente regularizados e publicados”.

Esta matéria tem: (14) comentários

Autor: marcelo fiorillo
É bom todos saberem que 90 por cento de quem lancha lá todos os dias sáo jornalistas e convidados e que os servidores são proibidos de usarem e lancharem lá..... | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
tem que mudar o nome de políticos para reis e mais correto ! | Denuncie |

Autor: GILMAR PEREIRA
os trabalhadores recebem míseros tikets e só se quiser lanchar tem que pagar mas os reis ? | Denuncie |

Autor: Gilmar Valadares
tem que haver uma correção na chamada, pois, onde se lê Congresso, deveria ser SENADO FEDERAL. | Denuncie |

Autor: Gilmar Valadares
Congresso não, SENADO FEDERAL. | Denuncie |

Autor: Madera Madera
Não adianta votar em outro candidato. Será do mesmo jeito. É preciso cobrar, encher o saco deles... Os políticos não são celebridades, não são artistas de novela. SÃO NOSSOS FUNCIONÁRIOS. O povo precisa acordar e não vender o seu voto. | Denuncie |

Autor: José Sousa
Enquanto se gasta muito e come bem a nossas custas este congresso nacional se esquece que milhares de brasileiros não tem o que comer, vamos dizer não a todos eles nas proximas eleições. | Denuncie |

Autor: gomes santos santos
So fazendo farra com meu dinheiro.... eleicoes estao chegando aproveitem o bastante... suguem mesmo... | Denuncie |

Autor: André Luis
SOU SERVIDOR PÚBLICO E MAL TEM CAFÉ ONDE TRABALHO. NIGUÉM FAZ NADA CONTRA A SANGRIA DO DINHEIRO PÚBLICO NO CONGRESSO? | Denuncie |

Autor: lazaro almeidaq
Que contenção de despesas é essa. Esbanja no lanche e tira tudo dos funcionários, coitados. | Denuncie |

Autor: RAIMUNDO REGO
EM ANO DE COPA DO MUNDO, AINDA MAIS NO BRASIL; QUER PRETEXTO MELHOR PARA OS POLÍTICOS APROVAREM O QUE BEM ENTENDEREM? ACREDITO QUE O POVO BRASILEIRO, ALGUM DIA VAI DESPERTAR PARA AS CAUSAS SÉRIAS DESTE PAÍS. ACORDA BRASIIIIILLLL! | Denuncie |

Autor: carlos kOURE koure
São uns desonestos mesmos, raposas! O velho Senado foi criado em Roma para as raposas das provincias deixarem o Imperador em paz! Aí veio Renan, Sarney, etc,etc! | Denuncie |

Autor: wilton veloso
È muita mordomia pra estes "INÙTEIS". | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Em que órgão público os empregados tem isso ? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas