política
  • (6) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cerca de 11 milhões de jovens votarão pela primeira vez Uma geração que teve, em sua maioria, o primeiro contato com a política durante os protestos que tomaram conta do país no ano passado

Adriana Caitano

Publicação: 19/01/2014 08:00 Atualização: 19/01/2014 09:27

A geração dos protestos de junho vai às urnas pela primeira vez em outubro. Cerca de 11 milhões de adolescentes entre 16 e 20 anos que tiveram papel decisivo no movimento que tomou as ruas do país no ano passado vão estrear nas eleições. São jovens como os estudantes Aníbal Londe, 16 anos, e Ian Viana, 18, que ainda não tinha vivenciado a atuação política e agora, com o título de eleitor em mãos, poderão ajudar a colocar em prática as transformações que reivindicaram. Atrair esse público será um dos grandes desafios dos candidatos, principalmente aos postulantes ao Planalto, que já afinam o discurso para se aproximar do grupo que corresponde a pelo menos 10% do eleitorado e será determinante no resultado.

Segundo números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a média de novos votantes entre 16 e 18 anos no país tem sido de 2 milhões a cada pleito e neste ano já estão garantidos quase 1 milhão — o cadastramento só será encerrado em maio (veja arte). A média dos demais adolescentes ainda no início da vida democraticamente ativa, entre 18 e 20 anos, é de 9 milhões. Se mantiverem a média de 11 milhões, juntos eles poderão contribuir para a vitória ou derrota de um candidato: em 2010, a diferença entre a presidente Dilma Rousseff e o segundo colocado, José Serra, ficou em 12 milhões de votos. E as manifestações podem ter ajudado a engordar esse número.

Aníbal Londe, que nunca gostou de política, despertou a curiosidade sobre o tema ao ver os colegas indo para as ruas em junho do ano passado. Depois de assistir aos protestos, convenceu-se de que, mesmo não sendo obrigado, votar seria uma forma de participar. “O Brasil é um dos países mais corruptos do mundo, isso desmotiva um pouco. Eu pensava que meu voto individual não ia mudar em nada, mas depois vi que cada voto é importante”, comenta o adolescente que acaba de concluir o ensino médio e pretende ser médico. “Se a história for mudada nas eleições, minha participação ficará registrada.”

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (6) comentários

Autor: Delmiro Portilho
... sustentando o ESTADO HEDIONDO da VIOLENCIA urbanistica , da idade penal e compra de votos com GRILAGEM DE TERRA , bolsas e sacolas | Denuncie |

Autor: everton silva
Eis uma verdade inquietante, o menor de 18 anos é inimputável por seus delitos. Todavia, é plenamente capaz para votar(!). Que Deus abençoe a "UNE" e todos os Políticos. Saberei escolher gente diferente nessa eleição. | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Eia aí a esperança. Muitos estão enganados em achar que esta juventude não entende de política. Muito pelo contrário, eles estão muito mais qualificados do a maioria dos eleitores """""de idade""""". | Denuncie |

Autor: Floriano Lott
O garoto está equivocado. Votar é apenas um ato cartorial para ser democracia com Poder Legislativo. Eleito, o político não tem vínculo ou obrigação com nenhum eleitor. É um cheque em branco. | Denuncie |

Autor: Paulo Costa
Q esses jovens sejam esclarecidos e identifiquem q nossa Bandeira é verde/amarela, não vermelha como os "esquerdopatas" insistem em dizer; q Fidel, Mao, Guevara, Marighella... são assassinos da humanidade; q Cuba, China, a Ex-URSS...são exemplos de ditaduras assassinas e não "paraísos democráticos!!! | Denuncie |

Autor: Luiz Nunes
Acho um absurdo que jovens de menos de 18 anos votem. Como eles podem escolher governantes se não são responsáveis perante a Lei pelo que fazem? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas