política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Natan Donadon diz que voto aberto "constrange" os parlamentares Esta é a segunda vez que Donadon, depois de preso, vai à Câmara para se defender

Agência Câmara

Publicação: 12/02/2014 21:12 Atualização: 12/02/2014 21:52

 (Agência Brasil)


O deputado Natan Donadon (sem partido-RO) disse que o voto aberto "constrange os parlamentares" e que se sente "injustiçado". "Sei que o voto é aberto, mas a convicção da minha inocência me motiva a estar aqui", disse em Plenário na noite desta quarta-feira (12/2).

Esta é a segunda vez que Donadon, depois de preso, vai à Câmara para se defender. Desta vez, no entanto, a recepção foi diferente. Em agosto passado, quando o mandato foi mantido, o deputado foi cumprimentado por diversos parlamentares ao entrar no Plenário. Agora, ele se mantém afastado dos colegas, cercado por policiais legislativos, e conversa apenas com o seu advogado.

Processo de cassação
A cassação do mandato de Donadon depende do voto favorável de 257 deputados, ou seja, a maioria absoluta da Casa. O voto será aberto. Ao iniciar a sessão, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, registrou a presença de 481 deputados na Casa.

Donadon foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 13 anos de prisão por formação de quadrilha e pelo desvio de cerca de R$ 8 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia. No ano passado, o Plenário manteve o mandato do parlamentar, mas ele foi afastado por decisão do presidente da Câmara.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas