política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Secretários discutem alinhamento de políticas de segurança em Aracaju Durante a solenidade, o ministro José Eduardo Cardozo defendeu a integração dos órgãos de segurança do Brasil

Publicação: 14/02/2014 11:46 Atualização: 14/02/2014 12:00

'Temos eventos importantes para sediar, temos um pleito eleitoral e não podemos nos dar ao luxo de estarmos desagregados', afirmou Crdozo (Ed Alves/CB/D.A Press)
"Temos eventos importantes para sediar, temos um pleito eleitoral e não podemos nos dar ao luxo de estarmos desagregados", afirmou Crdozo

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o governador de Sergipe, Jackson Barreto, participaram da abertura do 53° reunião ordinária do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp), realizada em Aracaju na noite da última quinta-feira (13/2). Evento tem como objetivo alinhar as políticas públicas de segurança.

Durante a solenidade, o ministro José Eduardo Cardozo defendeu a integração dos órgãos de segurança do Brasil. Autoridades e secretários de segurança de todo o país participam do evento. Entre eles a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, e secretária Nacional de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves.

“Os secretários de segurança e o Ministério da Justiça têm que trabalhar juntos, independente de política partidária, para enfrentarmos o desafio que aflige a população: a violência. As razões que me fazem estar aqui, além do trabalho deste Colégio, devem-se ao momento que estamos vivendo. Temos eventos importantes para sediar, temos um pleito eleitoral e não podemos nos dar ao luxo de estarmos desagregados”, afirmou.

Cardozo falou ainda sobre um projeto de lei que traça normas de segurança para manifestações. “Lutamos pela democracia e não podemos aceitar que pessoas, com interesses outros, usem uma manifestação democrática para provocar atos de violência, para matar. Temos que agir com serenidade, com eficiência, voltados para o interesse público e para isso, temos que estar juntos. Temos que trabalhar na garantia do direito. O Governo Federal pretende apresentar um projeto de lei que garanta a segurança nas manifestações e nós queremos ouvir os secretários de segurança publica sem transformar o assunto numa disputa político partidária. Estou aqui para fazer um chamamento para combater a violência e garantir a liberdade democrática das manifestações”.

Leia mais notícias em Política
O Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp) foi formado em abril de 2003, durante a realização do Encontro Nacional de Secretários de Segurança Pública. O Consesp oferece às secretarias estaduais informações que possam servir de base na formulação de diretrizes e metas em Segurança Pública e divulga ações de sucesso dos estados que possam ser aplicadas por outras unidades da federação. A reunião que ocorre em Aracaju segue até esta sexta-feira (14/2).

Em seu discurso, Jackson Barreto destacou o papel do Consesp na divulgação de projetos de segurança pública. “Esse evento de hoje é importante para a troca de experiências entre os Estados. Através dessa troca de informações, conseguimos bons resultados. Somos um estado modelo no trabalho de integração entre as polícias Civil e Militar com a implantação de centros integrados de segurança e vamos compartilhar nossa experiência com os demais estados”, declarou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas