política
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comissão decide arquivar investigação contra ministra Ideli Salvatti Em 2013, a ministra da Secretaria de Relações Institucionais fez uso de um helicóptero conveniado ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)

Amanda Almeida

Publicação: 24/02/2014 16:05 Atualização: 24/02/2014 16:50

Ficou entendido que a utilização para transporte e escolta da autoridade é compatível com a missão institucional prescrita para a PRF (Iano Andrade/CB/D.A Press)
Ficou entendido que a utilização para transporte e escolta da autoridade é compatível com a missão institucional prescrita para a PRF
A Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu, nesta segunda-feira (24/2), arquivar a investigação sobre o uso de helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) pela ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti. Conforme o Correio mostrou em 2013, a petista turbinou as aparições públicas em sua base eleitoral a bordo da aeronave, conveniada com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Leia mais notícias em Política

Em janeiro, o relator do caso no grupo, relator Horácio Pires, havia pedido advertência à ministra. Mas recuou, nesta segunda-feira, alegando que houve novidades nas investigações. "A novidade reside na informação de que o convênio entre a PRF e o Samu, para utilização da aeronave em questão esteve suspenso entre agosto e dezembro de 2012 e que a partir de janeiro de 2013, restabelecido o convênio, as equipes do Samu passaram a usar a aeronave para o transporte inter-hospitalar", registrou Pires.

A alegação foi baseada no voto do conselheiro Mauro Menezes, que, em janeiro, havia pedido vista ao processo. Menezes também pediu o arquivamento, com base em diversas ponderações, como a de que "não se pode inferir que houve desvio de função do equipamento, vez que a utilização para transporte e escolta da autoridade é compatível com a missão institucional prescrita para a PRF".

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: marcos
é a própria presidência da república que apura? isso é ético? isso não é corporativismo? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas