política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Antonio Imbassahy é o nome responsável por unir tucanos e carlistas Ex-aliado de ACM, hoje filiado ao PSDB, o ex-prefeito de Salvador é um dos fiadores da aliança formada pelos dois grupos, rivais na Bahia

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Publicação: 09/03/2014 07:43 Atualização:

'Sempre tem um (Iago) para cruzar seu caminho. É preciso saber se proteger', Antonio Imbassahy (BA), líder do PSDB na Câmara dos Deputados (Luiz Alves/Agência Câmara - 14/2/12)
"Sempre tem um (Iago) para cruzar seu caminho. É preciso saber se proteger", Antonio Imbassahy (BA), líder do PSDB na Câmara dos Deputados
Há exatos 20 anos, o PSDB baiano, liderado pelo então candidato do partido ao governo do estado, Jutahy Júnior, declarou apoio ao petista Luiz Inácio Lula da Silva na corrida pela Presidência da República. O motivo? Os tucanos não aceitavam a aliança de Fernando Henrique Cardoso com o então PFL de Antônio Carlos Magalhães. Duas décadas se passaram e, sob as bençãos e a articulação do candidato do PSDB ao Planalto, senador Aécio Neves (MG), um autêntico carlista lidera a bancada tucana na Câmara: Antônio Imbassahy.

Leia mais notícias em Política


Os tucanos atuais até brincaram com Imbassahy quando ele foi eleito líder da bancada. “Você é a evolução do PSDB”, brincou um parlamentar do PSDB. A ala baiana do partido sempre afirmou ser um exílio para os demistas e pefelistas cansados do carlismo. Mas fazem uma ressalva. “Imbassahy, além de ser um excelente técnico, sempre teve um perfil diplomático e educado. Na verdade, o estilo dele é mais próximo de Luís Eduardo Magalhães (morto em 1998) do que de ACM (morto em 2007)”, acrescentou outro parlamentar do PSDB. “O senador Antonio Carlos tinha essa visão e habilidade de trazer para política pessoas que não eram diretamente ligadas a ela”, elogiou o próprio Imbassahy.

Na origem, Antonio Imbassahy é engenheiro eletricista. Iniciou a carreira na Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) e foi presidente da Companhia de Eletricidade do estado da Bahia (Coelba). Em 1984, durante o governo de João Durval, tornou-se secretário estadual de Saneamento. Sempre pelo antigo PFL, elegeu-se deputado estadual em 1986 e virou presidente da Assembleia Legislativa.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas