política
  • (35) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Renan recebe pais de jovem morta no DF e propõe redução da maioridade penal Presidente do Senado disse que vai conversar com líderes partidários na Casa para colocar a proposta em votação

Amanda Almeida

Publicação: 18/03/2014 20:24 Atualização: 18/03/2014 20:38

Yorrally Ferreira, 14 anos, foi encontrada morta no Parque Recreativo do Gama. Crime ocorreu horas antes do ex-namorado completar 18 anos (Facebook/ Reprodução)
Yorrally Ferreira, 14 anos, foi encontrada morta no Parque Recreativo do Gama. Crime ocorreu horas antes do ex-namorado completar 18 anos

Depois de receber os pais de Yorrally Ferreira Dias, assassinada na semana passada pelo ex-namorado no Gama, Distrito Federal, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse, nesta terça-feira (18/3), que vai conversar com os líderes partidários na Casa para colocar proposta de redução da maioridade penal em votação. Ele reconheceu que o assunto é “complexo”, mas disse que, até abril, o texto pode ser apreciado.

“Vamos conversar com os líderes, e já assumimos o compromisso de pautar essa matéria. Evidente que é uma matéria complexa, mas será sobretudo a oportunidade para que cada um vote da maneira que ache que pode votar”, disse Renan. Yorrally, de 14 anos, morreu depois de receber um tiro disparado pelo ex-namorado, que completou 18 anos um dia depois do crime e, por isso, deve escapar de penas mais duras.

A mãe da menina, Rosemari Dias, disse que foi ao Senado pedir agilidade na votação da proposta. “Não sei falar bonito, eu não quero aparecer na televisão. Eu só quero justiça. Menor tem que arcar com seus atos”, apelou. O menino filmou o crime, que ocorreu na região do Gama, e o divulgou para amigos em aplicativo de celular.

Leia mais notícias em Política

Os pais relataram a Renan que fazem vigília em frente ao Palácio do Planalto numa tentativa de falar com a presidente da República, Dilma Rousseff. Rosemari disse que espera a sensibilidade de “mulher e de mãe” da presidente no combate à violência.

Ao falar sobre o projeto, Renan se refere à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33/2012, que foi rejeitada em 19 de fevereiro deste ano pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O autor, Aloysio Nunes (PSDB-SP), no entanto, pediu para que ele seja reavaliado pelo plenário da Casa.

O texto é considerado um “meio-termo” entre a redução total da maioridade penal e a manutenção da atual legislação. Ele prevê a redução de 18 para 16 anos em casos de crimes hediondos, tráfico de drogas, tortura e terrorismo. Hoje, 18 anos é a idade mínima para uma pessoa ser julgada como adulto.

Na votação na CCJ, foi a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) que articulou a derrubada do projeto. “O Brasil é signatário da convenção sobre os direitos da criança da ONU, que basicamente diz que não podemos impor pena a crianças e adolescentes que colocamos para um adulto. No caso da sua proposta, isso pode acontecer”, disse em fevereiro.

Esta matéria tem: (35) comentários

Autor: julio cesar Silva
Maioridade somente para os filhos das moradoras de periferias? Além de serem vítimas da falta de políticas públicas voltadas para as comunidades mais carentes, são também medíocres os moradores da periferia? Os pais da menina procuraram logo os responsáveis pela tragédia Brasil? Assim não dá gente! | Denuncie |

Autor: julio cesar Silva
Maioridade somente para os filhos das moradoras de periferias? Além de serem vítimas da falta de políticas públicas voltadas para as comunidades mais carentes, são também medíocres os moradores da periferia? Os pais da menina procuraram logo os responsáveis pela tragédia Brasil? Assim não dá gente! | Denuncie |

Autor: Luciano Santos
Quanta incoerência: Vc não pode aplicar uma pena maior nesse bandido que matou essa jovem, por causa de uma convenção da ONU, segundo a Sra Gleisi, mas tenho certeza que ela não consegue explicar o fato dos mortos serem, em sua grande maioria, jovens. Explica ai Sra defensora de bandidos!!! | Denuncie |

Autor: Luciano Santos
Vamos ver se esses políticos vão, enfim, atender aos anseios das pessoas de bem. O que esse ECA e seus defensores nunca conseguiram explicar é por que só os bandidos é que são beneficiados. E os tantos jovens que são mortos por causa justamente desse ECA, como foi o caso dessa jovem. Expliquem!!! | Denuncie |

Autor: Messias Cassemiro cassemiro
A redução da idade para fins de enquadramento no Código Penal de menores marginais, pode ser ruim, mas, só para eles, ou uma meia dúzia de "santinhos sociais", que acham que mereçam também ser tratados como tais. Assim que se estabelecer 15 ou 16 anos, como marco,garanto, diminuirão os assassinatos. | Denuncie |

Autor: jose orlando
Esse tipo de violência só será reduzido com a revogação do ECA. Imputabilidade penal a partir dos 12 anos, abaixo de 12 anos responderá o pai ou a mãe. | Denuncie |

Autor: roberto campos
Srs. Congressistas não queremos só a redução da maioridade penal. Queremos que parem de pensar em seus parentes na hora de aprovar as leis. Queremos que o corrupto, ladrão, assassino, traficante que for pagar uma pena não cumpra só 1/3 dela. Depois se surpreendem do povo ir quebrar tudo nas ruas. | Denuncie |

Autor: geraldo santos
Pessoas desse naipe deviam era ficarem presas como adultos e não em "escolas" de bandidos chamadas de reeducação e voltarem mais perigosos ainda. | Denuncie |

Autor: André Teles
Sou contra reduzir para 16 anos. Por mim, reduzia para 12 anos! | Denuncie |

Autor: Adriana
De crueldade deixou de ser criança há muito tempo. Faz um laudo psicológico nesse monstro pra ver que idade mental ele tem? Se isso acontecesse com uma filha do Renan ou da Gleisi tenho certeza que o resultado da votação na CCJ seria outro. | Denuncie |

Autor: Adriana
Engraçada essa justificativa sobre o Brasil ser signatário da convenção sobre direitos da criança da ONU... OS EUA tb são e vai ver se la menor de idade, quando comete um crime, se fica rindo da cara da polícia pq é " de menor" como acontece aqui ???? Pra mim quem comete crime bárbaro, com requintes | Denuncie |

Autor: arceu mendes
Só espero que meus conterrâneos Paranaense, que nas próximas eleições lembre-se de dar a resposta nas urnas a estes 2 senadores do Paraná que foram também responsáveis na CCJ pela não aprovação da maioridade penal. | Denuncie |

Autor: Ed Costa
Tem mais de 04 horas que esta matéria foi publicada é muito estranho que não foi postado nenhum comentários, inclusive os meus, à quem interessa o correio não publicar nenhum comentários, tenho certeza que a maioria critica os crimes praticados por esses homens barbados e não podem ir para cadeia. | Denuncie |

Autor: Grito de Indignação
A impressão que dá é que os políticos na verdade tem medo de serem pegos pelo próprio código penal que votarem. | Denuncie |

Autor: Grito de Indignação
Será que os políticos brasileiros estão em outro País? Estão vivendo em outro mundo? O Brasil deles não é o mesmo do povo? Como pode todo mundo clamar redução da maioridade e penas mais severas e os políticos se comportarem como um bando de topeiras. Brasil, o País da impunidade! | Denuncie |

Autor: Grito de Indignação
Fundamental a redução da maioridade penal, a molecada está rindo da cara dos políticos, dos policiais, dos juízes, da nossa cara. Perdeu-se o respeito! Não é só reduzir a maioridade, tem que mudar a lei para manter os bandidos presos, a polícia prende e a justiça solta. Vergonha de Código Penal!! | Denuncie |

Autor: Paulo Nascimento
Muitos adultos, principalmente na emoção, agem como crianças e por isso deveria ser aplicada medidas socioeducativas também? Prestem atenção, não existe lógica alguma a maioridade penal porque os menores infratores ou criminosos mirins podem ser julgados caso a caso e cada um receber a pen | Denuncie |

Autor: Marcio Velloso Fontes
A sociedade CLAMA há muito, muito tempo pela redução da maioridade penal. Acho que vai ser um passo inicial, mas acho difícil os retrógrados e hipócritas do direitos humanos aceitarem quietos | Denuncie |

Autor: lourelita sousa
Nossa! demorou, porém sou a favor de 14!! | Denuncie |

Autor: Luiz Sá
Votar aos 16 anos pode! Vamos baixar a maioridade...já não suportamos mais tantas barbaridades praticadas por esses supostos adolescentes. | Denuncie |

Autor: carvalho Pereira
Essa matéria mostra que em ano eleitoral, qualquer cidadão tem acesso aos políticos mais influentes do Brasil! Deixando a politica de lado, agora vamos ver se as autoridades acordaram mesmo para um dos problemas mais graves do Brasil: O MENOR INFRATOR! | Denuncie |

Autor: Lucia Teixeira
Senador:se o sr. conseguir isso vai aumentar mto. sua popularidade e apesar de tudo será bom para o sr. Uma sugestão:além de diminuir a maior.penal, os que HOJE estão na CASA, ao completarem 18, devem ir pra cadeia e não voltarem às ruas..Seria o correto e justo. | Denuncie |

Autor: Alisson Pereira
Primeiramente o ECA deveria perder a letra "A", e tutelar apenas as crianças em situação de fragilidade, que ainda podem ser salvas. É utopia acreditar que homens (não adolescentes), entre 14 e 17 anos, podem ser ressocializados, tendo em vista os graves crimes que cometem. | Denuncie |

Autor: Francisco Braga
Finalmente! Menor igual ou maior do que 14 passar a régua. Eles sabem muitíssimo bem o que estão fazendo. Lamento pela familia. | Denuncie |

Autor: Krusty o palhaço
De nada adianta uma Constituição conter normas que não correspondam à vontade da maioria, do titular do poder: o povo! Ora, leve isso a um plebiscito e a um referendum e caso a maioria entenda pela redução, que ela seja reformada! Antes de mais nada, a CF tem que olhar pro seu povo. | Denuncie |

Autor: Leandro Lopes
Finalmente!!! | Denuncie |

Autor: Tarcísio Silva
Até que enfim, há uma luz no fim do túneo. Aleluia! | Denuncie |

Autor: Júlio Albuquerque
Engraçado como é a inversão de valores, de raciocínio e de inteligência. O que mais fica em foco quando se fala em menor é a sua ressocialização. A vida que o monstro tirou, a família que ele matou, os pais arrasados, isso nem entra no discurso irracional desses defensores de marginais mirins. | Denuncie |

Autor: Júlio Albuquerque
Se um dia algum parente ou pessoa querida da Gleisi Hoffmann fosse vítima de um menor, será que ela estaria ainda vendendo sua utopia e romantismo defendendo esses monstros? Não estamos falando de menores infratores, mas sim de assassinos destroem vítimas e famílias. | Denuncie |

Autor: Júlio Albuquerque
Aqui, no país da vergonha, é sempre assim: quando um menor comete um crime atroz, eles (políticos) dizem que prometem pensar na redução da maioridade penal. País atrasado, de políticos e leis atrasadas. País benevolentes e condescendente com bandidos, país que pouco orgulha e muito envergonha. | Denuncie |

Autor: Ed Costa
Para a solução deste problema ninguém quer resolver (redução da maioridade penal), mas para ir contra quem quer fazer alguma coisa, aparece gentinha como esta senadora para atrapalhar em conjunto daquela quadrilha do partido que esta senadora pertence. | Denuncie |

Autor: Julio Cesar Reis Junior
Reduzir para 16 é pouco. | Denuncie |

Autor: Gustavo Dantas
Já é tarde!! Incrível a demora dessa turma em notar o que se faz necessário... | Denuncie |

Autor: Eurico Freitas
Os políticos tem que se conscientizar que o menor criminoso não pode ser considerado uma criança inocente e que bandido não pode ser considerado um cidadão. Criminoso não pode ter os direitos de uma criança comum e Bandido não pode ter os direitos do Cidadão. | Denuncie |

Autor: carlos Carvalho
vou além, prefiro que uma lei ordinária seja aplicada a qualquer idade...cabendo lei complementar regular as penas e métodos para cada idade e crime. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas