política
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Supremo decide que ação contra Azeredo vai para a primeira instância Por oito votos a um, o STF decide que o processo que envolve o ex-governador e ex-deputado seja remetido à Justiça de Minas Gerais

Publicação: 28/03/2014 08:02 Atualização:

STF avalia o caso de Azeredo: ex-deputado nega as acusações e diz confiar nas decisões da Justiça (Gervásio Baptista/SCO/STF)
STF avalia o caso de Azeredo: ex-deputado nega as acusações e diz confiar nas decisões da Justiça


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu remeter para a primeira instância da Justiça a ação penal aberta pela própria Corte, em 2009, contra o ex-deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Por oito votos a um, os ministros definiram ontem que, a partir do momento em que o tucano renunciou ao mandato na Câmara, o Supremo deixou de ter competência para julgá-lo. Azeredo é acusado de peculato e lavagem de dinheiro pelo suposto envolvimento com o desvio de dinheiro público para a campanha de 1998, ocasião em que disputou a reeleição ao governo de Minas Gerais, mas acabou derrotado.

Eduardo Azeredo renunciou ao mandato de deputado em 19 de fevereiro, 12 dias depois de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ter apresentado as alegações finais no processo, recomendando a condenação do tucano a 22 anos de prisão.

Leia mais notícias em Política

Em nota divulgada ontem, Azeredo diz acatar a decisão do STF. “Acato a decisão, quase unânime, do Supremo Tribunal Federal, esperando que o julgamento, em quaisquer instâncias, ocorra dentro da normalidade, sem suposições, falsos documentos ou testemunhos inidôneos. Espero ainda que o processo siga seu curso sem a contaminação política que tem feito de mim o ‘bode expiatório’ de toda essa situação. Confio na decisão da Justiça”, destacou.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Cicero Pereira
Com o julgamento do mensalão do PT o STF realmente passou a julgar os politicos como criminosos comuns? Tudo mentira!!!! Com o PSDB foi diferente. Sempre foi. | Denuncie |

Autor: Jaime Luiz
Dois pesos, duas medidas. Assim vai o STF com seus julgamentos imparciais. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas