política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

País tem que avançar no combate à violência contra a mulher, segundo Dilma A presidente comentou no Twitter a pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgada ontem

Grasielle Castro - Correio Braziliense

Publicação: 28/03/2014 12:32 Atualização:

A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira (28/3), pelo Twitter, que a pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgada nessa quinta-feira (27/3), sobre violência contra mulher, mostrou que a sociedade brasileira ainda tem muito o que avançar. "O resultado deixa claro o peso das leis e das políticas públicas no combate à violência contra a mulher. #Respeito #LeiMariaDaPenha", postou na rede social. Segundo ela, a pesquisa também mostra que o governo e sociedade devem trabalhar juntos para atacar a violência contra a mulher, dentro e fora dos lares. "Tolerância zero à violência contra a mulher #Respeito", pontuou.

Leia mais notícias em Política

A pesquisa mostrou que a maioria das vítimas de estupro são mulheres com menos de 17 anos. Apontou ainda que mais da metade dos entrevistados culpam as mulheres por motivar as agressões, 65,1% dos entrevistados disseram concordar totalmente ou parcialmente com a tese de que mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas e 58,5% afirmaram que concordam que se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros. O levantamento ouviu 3.810 pessoas em todas as regiões do país.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas