política
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Oposição protocola pedido de CPI para investigar caso Petrobras "Queremos que a presidente explique porque apoiou a compra de uma refinaria que trouxe tantos prejuízos para a Petrobras", declarou o pré-candidato à presidência, Aécio Neves

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Publicação: 02/04/2014 15:13 Atualização: 02/04/2014 15:26

A oposição protocolou na tarde desta quarta-feira (2/4) na Secretaria Geral da Mesa do Senado um pedido de uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) para investigar a Petrobras. Foram recolhidas assinaturas de 228 deputados e 30 senadores.

Com isso, as legendas da oposição esperam neutralizar a estratégia governista de criar uma comissão de inquérito apenas no Senado para investigar além da Petrobras, a refinaria de Abreu e Lima no Porto de Suape, em Pernambuco, e o escândalo do pagamento de propina do metrô de São Paulo.

O pré-candidato à presidência, Aécio Neves afirmou que a intenção da oposição é investigar todas as questões que envolvem a Petrobras. Além da refinaria de Passadina, a oposição também incluiu no pedido de CPI a refinaria de Abreu e Lima, afirmando que o custo inicial dela era de R$ 2,5 bilhões e que hoje já custa mais de R$ 18 bilhões.

"Queremos que a presidente explique porque apoiou a compra de uma refinaria que trouxe tantos prejuízos para a Petrobras", declarou Aécio numa alusão ao fato da refinaria de Passadina ter sido comprada pela empresa belga Astra Oil por 42, 5 milhões de dólares em 2005 e adquirida pela Petrobras em sua totalidade por 1,18 bilhão de dólares em 2012. "Obtivemos um número de assinaturas recorde, não há como agora obstaculizar a criação da CPMI".

Leia mais notícias em Política


Aécio criticou também a estratégia do PT de tentar impedir a instalação do colegiado. "Não aceitamos agressões que impeçam um direito que é da minoria".

Por ser uma CPI mista, o requerimento de criação terá de ser lido na próxima sessão do congresso nacional, marcada para o dia 15 de abril, mas o tucano acredita ser possível antecipar esta data. "Apresentarei uma questão de ordem em Plenário para pedir ao presidente Renan (presidente do Senado Federal) que convoque uma sessão extraordinária para ler o requerimento, poderia até ser hoje", afirmou otimista Aécio Neves.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: alberico cavalcante
A oposição tem que fazer alguma coisa que preste pelo Brasil, investigando com profundidade estes escândalos na Petrobras e propondo punição. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas