política
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cabral renuncia e Pezão é convocado para assumir cargo de governador do Rio Em carta, com poucas palavras, Cabral renunciou o governo

Publicação: 03/04/2014 18:06 Atualização:

Cabral declarou sua renúncia ao cargo para o qual foi reeleito e tomou posse no dia 1º de janeiro de 2011 (Joel Rodrigues/Agência O Globo)
Cabral declarou sua renúncia ao cargo para o qual foi reeleito e tomou posse no dia 1º de janeiro de 2011

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Paulo Melo (PMDB), recebeu hoje (3/4) a carta-renúncia do governador Sérgio Cabral Filho e a levou ao conhecimento dos deputados durante sessão plenária esta tarde.

Leia mais notícias em Política


Na carta, em poucas palavras, Cabral declarou sua renúncia ao cargo para o qual foi reeleito e tomou posse no dia 1º de janeiro de 2011. Ele fundamentou a decisão no Inciso 6 do Artigo 99 da Constituição do Estado do Rio de Janeiro e no disposto no Parágrafo 6 do Artigo 14 da Constituição Federal.

Em seguida, Melo declarou vago o cargo de governador fluminense, convocando o vice-governador, Luiz Fernando de Souza Pezão, para prestar juramento e tomar posse em substituição a Cabral.

A solenidade extraordinária de posse ocorrerá amanhã (4), às 9 h, na Alerj. Pezão exercerá o cargo de governador até o dia 31 de dezembro deste ano.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Daniela Lima
Não passa de um inicio de campanha eleitoral. Vamos abrir o olho meu povo! | Denuncie |

Autor: Daniela Lima
Não vamos reeleger ninguém !!!!! | Denuncie |

Autor: Rogério Galhardi
FRACO!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas