política
  • (5) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PT, o PMDB, o PP e PTB querem barrar comissão que investigará a Petrobras A empresa, que está no epicentro da crise em torno da criação de uma CPI no Congresso, é comandada, basicamente, por esses partidos

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Amanda Almeida

Publicação: 04/04/2014 08:48 Atualização:

Loteada politicamente pelo PT para atender os próprios companheiros e amigos de outros partidos aliados, a Petrobras tem um peso orçamentário incomparável em relação aos mais cobiçados cargos da Esplanada dos Ministérios. Responsável pela maior parte dos recursos que sustentam o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a estatal e suas subsidiárias, inclusive as do exterior, têm uma previsão de investimentos, para este ano, na ordem de R$ 84,1 bilhões, quase seis vezes mais do que o mais atraente dos ministérios — Transportes, com R$ 15 bilhões. Apenas a Petrobras, principal empresa da holding, tem um caixa de R$ 63 bilhões.

No xadrez político, os comandantes desse universo são, basicamente, o PT, o PMDB, o PP e o PTB, o que explica a reação do Planalto à criação da CPI. Para amenizar os ataques ao loteamento, os partidos escolheram nomes com currículo e história dentro da empresa. O perfil técnico é mantido, mas, para galgar os cargos mais altos da administração e ocupar postos de comando, não basta ser competente: é preciso ter um padrinho forte.

Leia mais notícias em Política

Como principal partido no condomínio presidencial, o PT passou a dar as cartas nos cargos mais atraentes desde que ascendeu ao poder, em janeiro de 2003. Em 2012, a presidente Dilma Rousseff resolveu promover uma reformulação na estrutura da empresa. Na presidência da Petrobras, Sérgio Gabrielli, um petista próximo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi substituído por Maria das Graças Foster, ligada diretamente a Dilma.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (5) comentários

Autor: jose manoel mendes
A impunidade começa, quando passam o dedo melado de açucar na boca do povo. O açucar vem dentro das diversas bolsas que distribuem para os mais necessitados. Ai o voto é para os mesmos. | Denuncie |

Autor: paulo Vaz
Parabéns a Srª Raimunda Santos pela sua clareza diante dos fatos que estão acontecendo .A Srª está certíssima !!! ACIMA DOS POLÍTICOS ESTÁ O BRASIL ! xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. | Denuncie |

Autor: Joel Barros
BARREM Ñ, PARTIDOS! DEIXEM VER! PROVEM AS EFICIÊNCIAS DAS INVESTIGAÇÕES: MP, PF, CGU, TC e, VC! TÊM MEDO DO QUÊ? DEICHEM VIM VER, Q ESSA OPOSIÇÃO S/TER O Q FAZER - QUEREM É CONVENCER OTÁRIOS P/APARECER - JOGANDO LAMA NOS BRILHOS P/ESCODER O PASSADO - Q VENHA: CPMI - MISTURE TUDO E PROVEM A VERDADE | Denuncie |

Autor: Raimunda Santos
Pelos menos sabemos em quem não votar. PT,PMDB, PP e PTB. Pois se não querem é por que devem. Se não conseguirem barrar vão colocar seus comparsas no meio para atrapalhar. | Denuncie |

Autor: helio santos
onde ha fumaça ha fogo, estão tentando barrar porque???????????heM????????????? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas