política
  • (5) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aécio faz duras críticas ao "aparelhamento" promovido pelo PT na Petrobras Em tom de campanha, o presidenciável promete reestatizar a empresa

Juliana Cipriani

Publicação: 15/04/2014 08:11 Atualização:

O presidenciável Aécio Neves discursa em Salvador: PSDB e DEM comemoram o apoio do PMDB na Bahia (PSDB/Divulgação)
O presidenciável Aécio Neves discursa em Salvador: PSDB e DEM comemoram o apoio do PMDB na Bahia

O presidenciável do PSDB, Aécio Neves, reforçou as críticas da oposição ao loteamento promovido pelo governo federal na Petrobras. "Na última eleição, nos acusavam, o PSDB e o DEM, de querermos privatizar as empresas públicas. Diziam que privatizaríamos a Petrobras. O que eu quero é reestatizar a Petrobras, tirá-la das garras do partido político que a ocupou para fazer negócios, e entregá-la novamente aos interesses maiores da população", afirmou o tucano, em Salvador. Mais tarde, em evento no Rio de Janeiro, voltou a comentar o assunto: "Está na hora de a presidente da República devolver limpo o macacão dos funcionários da empresa. Quem está sujando a imagem da Petrobras é o PT, que estabeleceu o aparelhamento através da irresponsabilidade, que resulta na prisão de diretores em operações da Polícia Federal".

Leia mais notícias em Política

Ainda na capital baiana, Aécio confirmou que vai hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF) em busca de uma liminar que permita a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras. Segundo o senador mineiro, a oposição não vê problemas em uma devassa ampla, que investigue inclusive contratos dos adversários da petista. Para Aécio, a presença da presidente da estatal, Graça Foster, no Senado hoje será mais uma oportunidade para o governo dar explicações. "Esperamos o início do contraditório, do tempo do debate, da discussão. Queremos explicações para o fato de a Petrobras, que habitava, nos últimos anos, as páginas econômicas, agora não sair das páginas policiais", disse, acrescentando que o governo Dilma fracassou na economia, nos projetos de infraestrutura e nos indicadores sociais.

As críticas à gestão do governo federal e da Petrobras dividiram espaço com a comemoração da aliança fechada pela oposição com o PMDB na Bahia. A chapa, que terá o DEM na cabeça, o PSDB de vice e um nome peemedebista para o Senado. Aécio acredita que o acordo é apenas o primeiro dessa natureza. "Espero, sim, a partir do que se construiu na Bahia, que possamos ter parceiros do PMDB em outros estados da Federação ao nosso lado."

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (5) comentários

Autor: Lara Macêdo
Só lembrando que o último herói, que apareceu prometendo caçar marajás (sendo ele um marajá), a única coisa que caçou foi a economia de milhares de brasileiros. Não temos um partido sequer atualmente que mereça o direito de governar nosso país e decidir nossas vidas. | Denuncie |

Autor: Lara Macêdo
Isso me pareceu muito mais um miado mole do que uma crítica. A política nacional só vai mudar quando a cabeça e o nível de exigência do eleitor se elevar. Uma política saudável nada tem a ver com esses demagogos fazendo política do caviar com champanhe. Essa cena de político herói é dantesca. | Denuncie |

Autor: Caio Martins
Eita nosso dinheiro do fundo partidário indo pelo ralo, olhem o tanto de puxa sacos que aparecem na foto. Enquanto isso a Saúde, a Educação e a Segurança vão indo de mal a pior. Esses senadores e deputados deviam ter vergonha na cara e sumirem do Brasil, só servem para mamar nas tetas da republica. | Denuncie |

Autor: Horst Mohn
Ok,, Aécio, vc não quer mais criar nem a PETROBRAX nem o Banco Brasil S/A.. Não é por conta da data que aproxima que iremos acreditar em coelhinho da Páscoa. Faça-nos o favor! Seu passado e de seu partido imundo, que vendeu o país quase todo entre 1994 e 2002, o condena. | Denuncie |

Autor: Cicero Pereira
Espero que isso não sirva de combustível para a privatização da PETROBRAS como fizeram com a Vale. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas