política
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cláusula put option já havia sido exercida em contratos da Petrobras O put option, mecanismo contratual utilizado na compra da refinaria de Pasadena, foi utilizado em negociação de termelétrica

Naira Trindade

Publicação: 19/04/2014 09:59 Atualização: 19/04/2014 10:04

Principal argumentação da presidente Dilma Rousseff para justificar o mau negócio na compra da refinaria de Pasadena, no Texas, a cláusula put option já havia sido exercida em contratos da Petrobras. Em setembro de 2001, a NRG International Holdings impôs à petroleira a recompra das ações dela utilizando esse mesmo mecanismo utilizado na negociação de 2006 — quando Dilma integrava o Conselho de Administração da estatal — para adquirir a refinaria nos Estados Unidos.



Uma sentença obtida pelo Correio mostra que, em 2001, a NRG tornou-se sócia da termelétrica Termorio, na baixada fluminense, no Rio de Janeiro, após a saída da Reduc Investimentos Ltda. A composição da sociedade passara a ser 50% das ações da NRG, 43% da Petrobras e 7% da PRS. A decisão da 23ª Vara Cível do Rio de Janeiro revela que, após fechar parceria, a NRG mostrou-se inadimplente e incapaz financeiramente de cumprir os acordos contratuais. Ao deixar a sociedade, a NRG utilizou a cláusula put option exigindo que a Petrobras pagasse US$ 68,6 milhões pelas ações.

Leia mais notícias em Política

A petroleira recusou e ofereceu US$ 57,3 milhões. Em 2002, o caso foi parar no Tribunal Arbitral, onde, como revela a decisão judicial, o pedido da NRG saltou para US$ 164,1 milhões. No entanto, a estatal insistia em US$ 57,3 milhões. A sentença assinada pela juíza de direito Andrea Quintela, em 7 de outubro de 2011, resume que a Petrobras foi condenada a recomprar as ações por US$ 81.460.888,63, valor superior ao pedido inicialmente pela NRG. Não consta na ação o valor inicial das negociações, mas a juíza deixa claro que houve um “benefício econômico” nas negociações da estatal.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: josé de jesus alencar mafra josé de jesus alencar mafra
O Chico Buarque já alertou: ...A nossa pátria mãe tão distraída Sem perceber que era subtraída Em tenebrosas transações... | Denuncie |

Autor: josé de jesus alencar mafra josé de jesus alencar mafra
Quando a Polícia Federal descobre um mal feito - prejuízo de bilhões na Petrobrás, mensalão, doleiroxPT, os dirigentes Pestistas dizem que NÃO sabiam, NÃO leram! Então NÃO merecem nosso VOTO! | Denuncie |

Autor: Rogerio sh
Por que os contratos são SEMPRE desfavoráveis à Petrobras? Não dá para entender, a outra empresa fica inadimplente e é a Petrobras que paga o pato. Era melhor ter sido privatizada. A Petrobras conseguiu se tornar a petrolífera mais endividada do mundo nas mãos deste governo. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas