política
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dilma garante que será candidata com ou sem apoio da base aliada Manifesto "Volta Lula" é "normal", disse a presidente em entrevista a rádios de Salvador

Agência Brasil

Publicação: 30/04/2014 09:35 Atualização: 30/04/2014 12:23

Dilma citou números do Pronatec e do Programa Minha Casa, Minha Vida para justificar o gosto de ser presidente (Evaristo Sa/AFP)
Dilma citou números do Pronatec e do Programa Minha Casa, Minha Vida para justificar o gosto de ser presidente


Em entrevista nesta quarta-feira (30/4) a rádios de Salvador, a presidente Dilma Rousseff garantiu que será candidata com ou sem o apoio da base aliada. A presidente considerou “normal” o manifesto “volta Lula”, anunciado na última segunda-feira (28) pelo líder do PR na Câmara, deputado Bernardo Vasconcellos (MG). Para Dilma, em ano eleitoral é possível ocorrer fatos “concebíveis” e “até as inconcebíveis”.

“[O volta Lula] é uma situação normal. Gostaria que, quando eu for candidata, eu tenha o apoio da minha própria base. Mas não havendo esse apoio, vamos tocar em frente. Sempre por trás das coisas existe outras explicações. Daqui até o final do ano, tenho uma atividade importantíssima para fazer, que não posso me desligar”, explicou a presidente.

Leia mais notícias em Política

Na última segunda-feira, o líder do PR, leu um manifesto, assinado por 20 dos 32 deputados da bancada, em que pedem que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja candidato à Presidência da República. De acordo com o líder do PR, Lula é o único capaz de conduzir o país “neste momento de crise econômica”.

Em resposta ao radialista Mário Kertész, da rádio Metro1, Dilma ressaltou que gosta de sua função. “Eu gosto [de ser presidente], sabe por quê? Porque vamos fechar este ano com mais 750 mil cisternas construídas no Semiárido. Com as cisternas construídas no governo do ex-presidente Lula e no meu, vamos chegar a 1,1 milhão de unidade. Isso me faz gostar muito de ser presidente”, destacou. Dilma citou também números do Pronatec e do Programa Minha Casa, Minha Vida para justificar o gosto de ser presidente.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: luiz melo de sousa
esta iai bernardo deve ser da mesma turma dos menasaleiro chegar a pedir volta do lula figura já carimbada é no minimo vontadade que jhaja outra robalhaira maior que o mensalão | Denuncie |

Autor: Flavio Araujo
Mesmo depois da queda do percentual da pesquisa do ibope (de 43 a 37%), ela vai ganhar. Se hoje o trabalhador só trabalha pra comer porque o preço dos alimentos estão no topo e o salário está curto, então se ela continuar, aí sim, o trabalhador vai trabalhar com afinco e ainda vai passar fome. | Denuncie |

Autor: João Souza
O governo de Dilma foi marcado por grande recessão, pobreza, queda do PIB, corrupção e déficit na balança comercial.Porém, não se pode retroceder. O governo de Aécio Neves é pior do que os demais, porque congela salários, empobrece o povo e estabelece a fome.Foram 8 anos de fome com FHC.Xô, FOME! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas