política
  • (9) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Não vejo como não estar com Eduardo Campos em 2015, diz Aécio Neves O tucano voltou a dizer que o Brasil não foi descoberto a partir de 2003, numa crítica indireta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Estado de Minas

Publicação: 02/05/2014 16:17 Atualização: 02/05/2014 16:27

Aécio Neves disse que tem 'divergências profundas com os que estão no poder (governo do PT)' (Bruno Peres/CB/D.A Press)
Aécio Neves disse que tem "divergências profundas com os que estão no poder (governo do PT)"
O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves (MG), teceu elogios ao ex-governador de Pernambuco e presidenciável do PSB, Eduardo Campos, em uma palestra no Fórum Empresarial de Comandatuba, nesta sexta-feira (2/5)

Apesar de estar em campo distinto na corrida presidencial, o tucano disse: "Não consigo ver o Eduardo como adversário, somos companheiros de trincheira do mesmo sonho", arrancando aplausos da plateia. E, depois de criticar duramente a atual gestão petista, disse que falaria algo que iria surpreender a todos: "Não vejo como, a partir de 2015, não estarmos eu, (Eduardo) Campos e Marina (Silva) no mesmo projeto de país."

Aécio voltou a dizer que o Brasil não foi descoberto a partir de 2003, numa crítica indireta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas enalteceu os programas de transferência de renda bem-sucedidos do petista. Após o breve elogio, criticou duramente a deterioração ocorrida no segundo mandato do ex-presidente, com a quebra dos pilares macroeconômicos. "Estamos voltando à agenda de dez anos atrás". E alfinetou: "Tenho divergências profundas com os que estão no poder (governo do PT)."

Leia mais notícias em Política

O senador mineiro criticou também a falta de segurança jurídica e o intervencionismo do governo e disse que o próximo presidente terá uma "herança perversa" de inflação em alta, crescimento baixo e perda crescente de credibilidade. Aécio citou ainda os "péssimos resultados" da balança comercial brasileira, a "escorchante carga tributária" e prometeu que, se for eleito, vai apresentar em seis meses uma proposta de simplificação tributária, arrancando aplausos dos empresários. "Quem melhora a vida de cada um é a própria pessoa, Estado tem de ser apenas parceiro, restabelecendo a confiança e a esperança."

Além das críticas à economia, o senador tucano falou que o País enfrenta problemas nas áreas da educação, saúde e segurança. "Temos de ter coragem de enfrentar a questão da criminalidade, sem a omissão atual do governo federal", disse.

No campo da reforma política, ele defendeu o voto distrital e o fim da reeleição passando a mandato de cinco anos. O tucano lembrou que a instituição da reeleição foi feita no governo de seu correligionário, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. "Vou parodiar o presidente Lula e dizer que prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo."

Aécio começou sua explanação, que durou 35 minutos, brincando com o presidente do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), João Dória Júnior, organizador do evento, dizendo que ele poderia ser o arrecadador de sua campanha, pois reuniu em poucos minutos na manhã desta sexta-feira, 02, uma cifra superior a R$ 1 milhão para o Instituto Ayrton Senna.

Esta matéria tem: (9) comentários

Autor: José Oliveira
Como acreditar em pessoas assim? Sarney, Renan Calheiros, André Vargas, Eduardo Alves, Collor, José Dirceu, Delúbio, Genoíno, Pedro Paulo Cunha, Lula, Dilma, Roseana, Palloci, José Guimarães, Paulo Bernardo, Alexandre Padilha etc. Pena que o PT acredita e por isso o Brasil está assim. | Denuncie |

Autor: José Oliveira
Habilitação cassada, vídeo no Rio de Janeiro? Isso não chega nem perto do que os barbas estão fazendo com o Brasil. Fora PT, acorda Brasil. Criminalidade, corrupção, apadrinhamento, ditadura, essa é a marca do PT. O Brasil se corroendo e ainda tem gente que é cega. Para tirar o PT, até o Collor. | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Como acreditar em pessoas assim ? ? ? Se registram como concorrentes se declaram / COMPORTAM como UNIÃO HOMO AFETIVA ! ! ! ""agente fala o que é bom e esconde o que ruim" (Rubens Ricupero, 01/07/1994, PSDB. inicio Plano Real, a Carlos Monforte/Globo). | Denuncie |

Autor: MARCELO MASCARENHAS
Entendo que o FHC deixou um Brasil bem melhor do que a Dilma vai deixar, os ajustes amargos que foram efetuados naquela época eram necessários, porém, o Lula não soube aproveitar um país com saúde econômica e credibilidade ao não investir em infraestrutura e no que realmente faz um país crescer. | Denuncie |

Autor: josé dutra
Estou contando os dias para ver essa corja de ladrões e salteadores fora do poder. | Denuncie |

Autor: Antônio Alencar
Aécio é uma cópia do Collor, adestrado para ter o poder. | Denuncie |

Autor: antonio anjos
Inflação em alta, ele e o FHC deixaram a inflação de quase 13%, se herdar será de no máximo 6%, tá na cara que ele tá falando em congelar salários e investimentos sociais para conter a inflação. | Denuncie |

Autor: antonio anjos
Será a melhor opção para todos os servidores públicos, principalmente os federais, a melhor coisa será o choque de gestão e o controle dos gastos públicos, bem ao estilo neoliberal, sugiro aos que pretendem votar no PSDB, saber o que é isso e como se implementa. | Denuncie |

Autor: antonio anjos
Quando ele explicar o helicóptero com 450 kg de cocaína, o vídeo no rio de janeiro, a habilitação cassada por embriaguez, quem sabe lá fundo ele não seja um sujeito normal. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas