política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Presidenciáveis dão sinais do que poderá estar nos programas de governos A embocadura do programa de governo será dada ao longo da campanha

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Publicação: 12/05/2014 07:07 Atualização:

A pouco mais de um mês das convenções partidárias que oficializarão, perante a legislação eleitoral, a pré-candidatura de Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Eduardo Campos (PSB) ao Palácio do Planalto, o debate programático intensifica-se e dá sinais do que poderá estar no programa de governo dos três principais presidenciáveis. “Por enquanto estamos apenas lançando algumas ideias, propostas. A embocadura do programa de governo será dada ao longo da campanha. Como diz o ditado, treino é treino, jogo é jogo”, brincou o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), um dos coordenadores da campanha tucana.

Aécio e Dilma, separados por Antonio Anastasia, na reinauguração do Mineirão: economia no centro do debate (Carlos Alberto/Imprensa MG/Divulgação)
Aécio e Dilma, separados por Antonio Anastasia, na reinauguração do Mineirão: economia no centro do debate


Mesmo assim, ele reconhece alguns sinais claros do que deverá vir a ser implementado em um eventual governo do PSDB. “Aécio já disse que diminuirá pela metade o número de ministérios e implementará uma meritocracia no serviço público. Ao longo das conversas que vem mantendo pelo país, vai aprofundar essas propostas”, completou Pestana.

Leia mais notícias em Política

Como senador, Aécio apresentou projeto de lei para incluir o Bolsa Família na Lei Orgânica de Assistência Social (Loas), para tentar acabar com o debate, recorrente em períodos eleitorais, de que uma eventual vitória da oposição colocaria em risco a continuidade do programa. Também tem sinalizado a busca por uma maior autonomia do Banco Central. “É preciso blindar a instituição responsável pela elaboração da política monetária brasileira”, completou Pestana.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas