política
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vocalista do Ultraje a Rigor interrompe show e critica militância do PT Roger Moreira teria sido acusado de soltar o verbo contra o governo, mas aceitar fazer show pago com dinheiro público

Publicação: 12/05/2014 22:59 Atualização:



O vocalista do grupo de rock Ultraje a Rigor, Roger Moreira, interrompeu um show que realizou nesse sábado (10/05) em São Paulo para responder o que ele chamou de ataque da “militância virtual do PT”. No intervalo de uma música e outra, o cantor pediu licença ao público para se defender de críticas feitas por militantes como o ator global José de Abreu nas redes sociais.

“Hoje fui atacado no Twitter pela militância virtual do PT, os chamados MAVs. Gente paga para militar. Gente que, na impossibilidade ou incapacidade de defender suas idéias, ataca a pessoa”, disse. “Fui atacado porque, segundo a lógica distorcida desses cretinos, eu estaria aceitando dinheiro de um governo que não apoio para tocar hoje aqui, e que isso não seria coerente. Pois bem, quem está me pagando hoje não é um partido que se considera dono do Brasil. Quem está me pagando é o povo”, emendou durante apresentação no Vale do Anhangabaú.

Confira, abaixo, a bronca de Roger.

Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Paulo Costa
Incapazes de defender suas idéias! Realmente, isso ficou visível por ocasião dos ataques a blogueira Cubana Yoani que em nosso País declarou as atrocidades que são a realidade do sistema político da ilha que é idolatrada pelo Partido das Trevas e seus "mentes" vazias/ocas...defensores de corruptos! | Denuncie |

Autor: marcus coelho
ISSO AI ROGER, PELO MENOS VC NÃO SE VENDE! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas