política
  • (9) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

STF reconsidera decisão de soltar envolvidos na Operação Lava Jato Zavascki explicou que as prisões decretadas pela Operação Lava Jato serão mantidas até que ele análise os processos do esquema de lavagem de dinheiro

Julia Chaib

Publicação: 20/05/2014 11:50 Atualização: 20/05/2014 17:44

O ministro Teori Zavascki do Supremo Tribunal Federal (STF) reconsiderou a decisão de soltar os envolvidos na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, nesta terça-feira (20/5). Diante da manifestação do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, que apontou risco de fuga, o ministro optou por manter todos os envolvidos detidos, inclusive o doleiro Alberto Yousseff. A única exceção é ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto da Costa, que já havia sido solto ontem.

Leia mais notícias em Política

Zavascki explicou que as prisões decretadas pela Operação Lava Jato serão mantidas até que ele análise os processos e inquéritos do esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que movimenta cerca de R$ 10 bilhões. "Em face das razões e fatos destacados nas informações complementares, autorizo, cautelarmente, que se mantenham os atos decisórios, inclusive no que se refere aos decretos de prisão, proferidos nos procedimentos aludidos pela autoridade reclamada", escreveu Zavascki em resposta à Justiça Federal.

  







Esta matéria tem: (9) comentários

Autor: egidio veras
SR MINISTRO QUE LAMBANÇA, HEM. O DIRETOR DA PETRO(ASSALTO) BRAS CONTINUARÁ SOLTO PORQUE? FAZEM PARTE DA MESMA QUADRILHA. | Denuncie |

Autor: Americo Dourado
Essa é a prova maior de que até o STF está aparelhado pelo partido político do governo. É uma pena que o DETENTOR da ética, tenha se esfarelado na ambição de poder! | Denuncie |

Autor: Nacelio Nacelio
Grande surpresa a atitude do Juiz do STF de mandar soltar esses por lavagem de 10 bilhões de reais. Sinceramente, que competência! Será que esse juiz não percebe que esses elementos soltos prejudicam as investigações e podem fugir do Brasil? Ora, se o MP já tem elementos suficientes para prendê-los! | Denuncie |

Autor: Maria do Socorro Fernandes
Ministro Zavascki, a decisão era mesmo esdrúxula e dava muito na cara o absurdo desse ato. Os outros ministros, do STF e STJ, deveriam também ter mais decência e pararem de anular várias operações da PF, a única instituição brasileira, que ainda investiga para valer figurões da política etc. | Denuncie |

Autor: david junior
Tem que prender o diretor da petrobras, que foi solto. | Denuncie |

Autor: VASCO VASCONCELOS
Essa não foi a 1ª vez nem será a ùltima que o STF reconsidera suas nefastas decisões.Seria de bom alvitre o STF recuar da decisão que desproveu o RE 603.583 rumo abolir a escravidão contemporânea da OAB.18 anos usurpando papel do Estado(MEC), triturando sonhos, diplomas gerando desemprego. UFA! | Denuncie |

Autor: augusto lima
Quer dizer que o petista ex diretor da Petrobrás, coligado do mesmo partido do ministro, não será mais preso???que Brasil é esse. Não deveria mais haver prisões no Brasil. | Denuncie |

Autor: francisco de assis silva
Análise dos processos significa ler os mesmos, coisa que o nobre ministro não fez, 10 bilhões, descuido ou interesse. | Denuncie |

Autor: Eduardo Boghossian
E o chefe da quadrilha continua solto só porque é do PT? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas