política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dilma inaugura novo terminal de passageiros do aeroporto de Guarulhos O terminal tem capacidade inicial para a circulação de 12 milhões de pessoas por ano

Agência Brasil

Publicação: 20/05/2014 18:00 Atualização:

A presidente da República, Dilma Rousseff, inaugurou oficialmente nesta terça-feira (20/5) o novo terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos - Governador André Franco Montoro. Com capacidade inicial para a circulação de 12 milhões de pessoas por ano, na primeira fase de obras, o terminal é totalmente voltado para voos internacionais.

A obra feita no Terminal 3 pela concessionária GRU Airport demorou um ano e nove meses para ser finalizada, depois da assinatura do contrato de concessão pelo grupo. Em outubro deste ano, o consórcio começa o projeto de modernização dos terminais 1 e 2, com previsão de duração de 18 meses e entrega no primeiro semestre de 2016.

O presidente do GRU AirPort, Antônio Miguel Marques, ressaltou que o aeroporto de Guarulhos é responsável por dois terços das pessoas que chegam ao país, sendo a grande porta de entrada do Brasil. "Agora, com tratamento de primeiro mundo para os estrangeiros que vêm nos visitar, não só na Copa do Mundo, mas em outros períodos. Também passou a ser a principal porta de entrada da carga aérea brasileira. É um terminal moderno, funcional, todo automatizado, que servirá de parâmetro para a concorrência".

Em seu discurso na cerimônia de inauguração, Dilma disse que, no começo da década passada, pouco mais de 30 milhões de brasileiros viajavam de avião, número que pulou para 111 milhões atualmente. Por isso, ela destacou que haverá inúmeros desafios para dar conforto à população que mudou de patamar econômico e passou a ter acesso ao avião como meio de transporte.

"Vamos construir 270 aeroportos regionais. Precisamos de voos inter-regionais, por isso o governo, além de fazer a concessão dos principais aeroportos à iniciativa privada, também tomou a iniciativa de construir aeroportos regionais para assegurar que o Brasil tenha um aeroporto a até 100 quilômetros das cidades médias", disse.

Leia mais notícias em Política

Segundo Dilma, em São Paulo, 19 aeroportos regionais receberão investimentos e incentivos como isenção total de tarifas aeroportuárias e concessão de subsídio para passagens aéreas, para garantir a regularidade dos voos.

Sobre o GRU Airport, Dilma disse que o Terminal 3 será um cartão de visitas do Brasil para os estrangeiros que desembarcarem em São Paulo, não só no período da Copa do Mundo de 2014. "Essa estrutura está à altura que a demanda pede. Muito importante que seja de fato o maior aeroporto do país. Isso nos dá garantia e nos faz ter certeza de que será usado na Copa do Mundo, será usado para o Brasil nos próximos anos, sendo confortável, eficiente e seguro".

A presidente destacou que passou o dia em compromissos ligados à aviação e que isso representa um momento especial, pois o país começa a colher os frutos de todo o investimento feito nessa área. "Sabemos que valeu a pena quando vemos uma obra dessa envergadura sendo entregue. Já se passaram quase três décadas desde que a primeira aeronave pousou aqui em Guarulhos e hoje fiquei perplexa, porque em 1985 o movimento era pequeno e hoje vi que algo diferenciado está acontecendo".

Com dificuldade para falar durante o discurso devido a uma gripe forte, Dilma se retirou sem conversar com os jornalistas.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas