política
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Renan Calheiros exonera diretor-geral do Senado por pagar supersalários Presidente do Senado informou ter recomendado à Diretoria Financeira da Casa para que busque alternativas para estornar os valores pagos acima do teto constitucional

Agência Brasil

Publicação: 21/05/2014 19:14 Atualização: 21/05/2014 21:42

O presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou, há pouco, a exoneração do diretor-geral do Senado, Antonio Elder Medeiros Rebouças, por descumprimento de ordem dada por ele [Renan], para que fosse aplicado o teto constitucional nos salários dos servidores. Renan informou que na última quinta-feira (15/5) determinou ao diretor que o pagamento respeitasse o teto constitucional.
 
 
“Ocorre que no dia de hoje, data do pagamento dos servidores do Senado, fui surpreendido com o fato de os vencimentos terem sido pagos com os respectivos valores extratetos, os conhecidos supersalários. Diante de um flagrante descumprimento da ordem dada pela Presidência, eu decidi pela exoneração do diretor”, explicou Renan Calheiros.

Calheiros informou ter recomendado à Diretoria Financeira da Casa para que busque alternativas para estornar os valores pagos acima do teto constitucional. “Se não for possível fazer o estorno, fica o compromisso de que o abateremos no primeiro pagamento que tivermos que fazer aos servidores”, informou o presidente do Senado.

Renan Calheiros designou o secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, para ocupar, cumulativamente, o cargo de diretor-geral do Senado. Bandeira de Mello é servidor concursado da carreira de consultor legislativo.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Jose Maria Camargo
Infelizmente a "coisa" que deveria ser pública, está disponível e em fartura para muito poucos! O dinheiro que é "arrancado" do cidadão e empresas, tem sido utilizado de forma vergonhosa pelos nossos administradores de plantão. Troca-se os administradores e as mazelas continuam, lamentável... | Denuncie |

Autor: josé josé
Os salários dos funcionários públicos tb tinham que ser equiparados aos do Senado e Câmara. Ai não haveria manifestos nem greves. | Denuncie |

Autor: Tomaz rodrigues
ESSE RENAN CALHEIRO É UM PILANTRA, DEVE SER EXCOMUNGADO DA POLÍTICA, UM DOS LADRÕES DA ERA COLLOR DE MELO, O CONGRESSO NÃO MERECE UM PRESIDENTE PICARETA. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas