política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Animais de estimação são resgatados de cidade inundada na Sérvia Em Obrenovac veterinários de Belgrado também criaram equipes responsáveis por socorrer e retirar os animais de estimação que ficaram presos

France Presse

Publicação: 22/05/2014 14:33 Atualização:

Drazevac- No auge da corrida contra o tempo para ajudar as vítimas das piores inundações em um século na Sérvia, os equipes de socorro têm provado sua solidariedade ao resgatar as animais de estimação que foram separados de seus donos. Na cidade de Drazevac, o jardim de Vesna Prokopljevic, transformado em canil, abriga 70 cães que os socorristas conseguiram resgatar de Obrenovac, cidade vizinha completamente submersa e que foi abandonada pela maioria de seus 20 mil habitantes.

Localizada em uma colina, Drazevac escapou das fortes chuvas. Pastores alemães, golden retrievers, terriers, griffons e também vira-latas brincam neste jardim a espera de serem recuperados por seus donos. "Eles estão tão traumatizados, apavorados, cobertos de lama. Nós demos comida, água e carinho", conta esta mulher de 50 anos.

Quando Obrenovac, a 40 km de Belgrado, foi atingida no último fim de semana, os proprietários desses cães foram retirados às pressas, carregando o mínimo possível, ou, mais comumente, absolutamente nada. Apaixonada por cães, Vesna construiu com seu próprio dinheiro há vários anos em sua propriedade um canil onde abriga cães abandonados de Obrenovac.

Foi assim que, logicamente, os cães resgatados das inundações chegaram até sua casa. Na casa de Vesna, o visitante é recebido com latidos e muita festa pelos cães que veem ao seu encontro. "Estamos felizes em salvar um animal e poder reuni-lo de novo com seu proprietário". Mas alguns, mais idosos, têm dificuldades para andar. Eles levantam a cabeça, olham o visitante antes de repousar novamente no chão, decepcionados ao perceber que o momento do encontro ainda não chegou para eles.

"Eles estão cheios de esperança de reencontrar seus donos", diz Vesna, que conta com a ajuda de vários amigos e voluntários. Ela se diz pronta a continua a receber os cães, a fim de dar aos donos - que muitas vezes perderam tudo e que estão distantes em centros de acolhida - o tempo para resolver a questão de alojamento.

E, sabendo que muitas vítimas estão em situação precária, "cada proprietário que encontrar seu amigo de quatro patas conosco receberá comida, medicamentos e coleira para seu cão", explica. Em Drazevac, aqueles que desejam recuperar seus cachorros devem provar que são efetivamente seus proprietários, assegura Milan Cosic, um policial aposentado que ajuda os Prokopljevic.

Leia mais notícias em Mundo

"No pior dos casos, podemos ao menos observar se o cachorro reconhece seu dono, esse momento costuma ser emocionante", conta Milan. "Uma mulher desabou em lágrimas quando seu cão a reconheceu e começou a pular alegremente", lembra.Alguns querem recompensar os Prokopljevic por ter acolhido seu animal, mas todo presente é proibido. "Estamos simplesmente felizes em salvar um animal e reuni-lo com seu proprietário", diz Vesna.

Em Obrenovac veterinários de Belgrado também criaram equipes responsáveis por socorrer e retirar os animais de estimação que ficaram presos nesta cidade que continua inundada e cujo acesso foi proibido pela polícia. Os proprietários foram convidados a entregar suas chaves de apartamentos e casas e endereços. "Nesta manhã salvamos quatro gatos, oito cachorros (...) e outros virão", indicou à AFP um veterinário, Sreten Kostic.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas