política
  • (4) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Para Aécio, PT quer censura com regulação dos meios de comunicação O programa promete ainda "tolerância zero" contra a inflação

Alessandra Mello

Publicação: 03/06/2014 08:03 Atualização: 03/06/2014 09:02

'Precisamos restabelecer um ambiente de serenidade e tranquilidade para que os investimentos voltem ao Brasil e nós possamos voltar a crescer', Aécio Neves (PSDB), senador e candidato à Presidência da República (IgoEstrela/ObritoNews)
"Precisamos restabelecer um ambiente de serenidade e tranquilidade para que os investimentos voltem ao Brasil e nós possamos voltar a crescer", Aécio Neves (PSDB), senador e candidato à Presidência da República


O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves, classificou de censura a regulação dos meios de comunicação. O discurso do candidato é uma crítica direta ao PT, que, no fim de maio, incluiu o tema em seu programa de governo. A proposta já havia sido defendida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante encontro nacional do partido. “O controle dos meios de comunicação é censura. Liberdade de imprensa é o maior valor numa sociedade democrática”, disse Aécio ontem, em encontro com empresários. Ele afirmou ainda que a agenda, “antes tratada” nos bastidores pelos petistas, agora é defendida abertamente pelos principais líderes do partido. “Eles não estão tendo mais nenhum constrangimento de colocar essa agenda, e esse é um patrimônio que não temos sequer o direito de deixar ser ameaçado”, concluiu.

Leia mais notícias em Política

O senador mineiro também prometeu criar uma secretaria para “simplificar a questão tributária” caso seja eleito presidente em outubro. E “tolerância zero” para a inflação. Para ele, falta previsibilidade no Brasil. “As regras têm que ser claras, transparentes, e é isso que ajuda a criar um clima de estabilidade na economia, de serenidade, favorável, inclusive, à retomada de investimento.” Ele ainda criticou o que chamou de “intervencionismo exagerado” e “quebra de regras e de contratos”. Segundo ele, falta vontade política do governo do PT para enfrentar questões essenciais. Na sua opinião, “o Brasil tem jeito, sim. “O problema é o governo.”

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: Leonardo Victor
Ato institucional(AIE) viva ditadura da América do sul ! | Denuncie |

Autor: robinson oliveira
écio em Minas: IPVA 4%, ICMS Luz (acima de 200kwh - ou 80% das residências) 30%, ICMS gasolina 27%. Pedágio de mais de 5,00 na MG050 - pista simples e esburacada. Leia nas entrelinhas: tolerancia 0 contra inflação: Selic a 20% ou mais. | Denuncie |

Autor: Augusto Souza
Não acho que seria menos pior um governo do PT. Acho que seria bem pior, inclusive o discurso político está cada vez mais parecido com o chavismo da Venezuela. O PSDB deixou o poder há quase 12 anos. Alternância de poder e mudanças são sempre saudáveis para uma democracia. | Denuncie |

Autor: João carlos da silva
Nós brasileiros estamos num barco furado.Se ficamos com o Pt no poder seria menos pior; Pois o psdb já desgovernou o pais. Foram 8 anos de recessão tentando conter a inflação, com juros altissimos e no final de sua administração o dolar estava R$3,76. Alguem lembra? Acho que não. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas