política
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PMDB aprova apoio à reeleição de Dilma Rousseff em convenção nacional Segundo informações da assessoria do partido, foram 275 (40,9%) votos contra e 64 brancos, nulos e ausentes

Publicação: 10/06/2014 18:28 Atualização: 10/06/2014 18:45

 (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)


Com 398 (59,1%) votos favoráveis, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) decidiu apoiar a reeleição de Dilma Rousseff, reeditando a chapa com Michel Temer como vice-presidente da República. Os resultados foram dados nesta terça-feira (10/6), durante a convenção nacional. O encontro de Dilma com os peemedebistas foi em Brasília, no Senado.

Leia mais notícias em Política


Segundo informações da assessoria do partido, foram 275 (40,9%) votos contra e 64 brancos, nulos e ausentes. Ao discursar, Temer minimizou a divisão no partido liderada pelo Movimento do PMDB Independente, que é contra a aliança com o PT. "Aqui no PMDB temos homens com H maiúsculo. Homens que são capazes de dizer o que realmente pensam. Não acredito em intrigas. Tenho certeza de que todos vão continuar me apoiando", afirmou o vice-presidente.

Apesar da resistência de diversos diretórios, como o de Goiás, do Ceará, do Rio de Janeiro, de Pernambuco e da Bahia, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), também saiu em defesa da coligação. "O radicalismo não pode sera nossa marca. A intolerância não pode ser a nossa fotografia. Mesmo divergindo do PT no meu estado, eu sei separar as coisas, a minha luta lá não pode ser a derrota do meu partido (no âmbito) nacional", afirmou Henrique Alves.

A cada discurso contrário à coligação, os grupos favoráveis à aliança vaiavam os oradores. Ao ser proclamado o resultado da disputa, Temer apelou aos correligionários pela unidade da legenda e lembrou que as convenções peemedebistas sempre foram marcadas por disputas, mas que, passado o embate, o partido voltava a se unir em defesa dos interesses do país.

“Quero dizer a todos que essa convenção não tem vencedores, nem vencidos. Temos que buscar a unidade do PMDB para vencer as eleições e eleger o maior número de deputados, senadores e governadores nas eleições de outubro próximo”, disse o vice-presidente aos convencionais.



*Com informações da Agência Brasil

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Fernando Vianna
PMDF ... Imaginei se seria Polícia Militar ... Nada a ver. O correto é PMDB. Mas sabe como é, nossos revisores devem ser do PT ... Senhores da razão ... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas