política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PAC 2 executa R$ 871,4 bilhões com 95,5% das obras concluídas O número representa 84,6% do orçamento previsto para o período 2011-2014

Célia Perrone

Jacqueline Saraiva

Publicação: 27/06/2014 10:44 Atualização: 27/06/2014 12:23

Os dados do 10º balanço do PAC 2 foram divulgados, nesta manhã, no Palácio do Itamaraty (Celia Perrone/CB/DA Press)
Os dados do 10º balanço do PAC 2 foram divulgados, nesta manhã, no Palácio do Itamaraty
Com 95,5% das obras concluídas, a segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 atingiu a execução de R$ 871,4 bilhões até 30 de abril de 2014. O número representa 84,6% do orçamento previsto para o período 2011-2014. Os dados do 10º balanço foram divulgados, nesta manhã de sexta-feira (27/6), no Palácio do Itamaraty.

As ações concluídas atingiram R$ 675,8 bilhões em obras nos seis eixos do programa. O resultado é 15,9% superior em relação ao último balanço, quando o governo registrou R$ 583 bilhões de obras concluídas. De acordo com o Ministério do Planejamento, dos R$ 871,4 bilhões realizados até 30 de abril deste ano, R$ 285,3 bilhões correspondem ao financiamento habitacional; R$ 231,4 bilhões foram executados por empresas estatais e R$ 168,5 bilhões pelo setor privado. Os recursos do Orçamento Geral da União somaram R$ 92,8 bilhões.

De acordo o Planejamento, foram concluídos R$ 58,9 bilhões em empreendimentos no setor de transportes no país. Em 2014, ficaram prontos 3,003 mil quilômetros de obras de rodovias, dos quais 1,413 mil quilômetros foram concessões. No caso das ferrovias, foram concluídos 1,053 mil quilômetros. Já no eixo energia elétrica, foram aplicados R$ 233,1 bilhões em obras de geração, com entrada de 12.860 megawatts no parque gerador brasileiro.

Da execução global, R$ 285,3 bilhões correspondem ao financiamento habitacional, R$ 231,4 bilhões foram executados por empresas estatais e R$ 168,5 bilhões pelo setor privado. De acordo com os dados divulgados, a execução do PAC 2, somente nos quatro primeiros meses de 2014, alcançou R$ 98 bilhões. O valor é 15% maior que o do mesmo período de 2013.

Leia mais notícias em Política

A apresentação dos dados macroeconômicos foi feita pelo secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland. Ele ressaltou que a economia norte-americana vem consolidando um quadro de recuperação, assim como a europeia, que causam efeitos positivos para o Brasil. “O último relatório da UNCTAD [Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento] mostra que o Brasil figura entre os principais destinos de investimento direto estrangeiro, por isso é tão importante investir em infraestrutura”, afirmou.

Mobilidade

Nessa quarta-feira (26/6), a presidente Dilma Rousseff anunciou mais R$ 2,6 bilhões em investimentos para as obras do Programa de Aceleração do Crescimento de Mobilidade Urbana e obras contra enchentes em São Paulo, Mauá e Ribeirão Pires.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas