política
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Apoio à reeleição de Dilma é oficializado no Encontro Nacional do PCdoB Em um auditório lotado, na Câmara dos Deputados, a legenda reafirmou ideias e propostas que serão encaminhadas à chapa da atual presidenta.

Agência Brasil

Publicação: 27/06/2014 15:52 Atualização:

Dilma é esperada pelos membros do partido na tarde desta sexta-feira  (Carlos Moura/CB/D.A Press)
Dilma é esperada pelos membros do partido na tarde desta sexta-feira


Por unanimidade, em votação simbólica, integrantes do PCdoB reiteraram hoje (27), durante o encontro nacional do partido, o apoio à reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT) e do vice-presidente Michel Temer (PMDB). Em um auditório lotado, na Câmara dos Deputados, a legenda reafirmou ideias e propostas que serão encaminhadas à chapa da atual presidenta.

O presidente do partido, Renato Rabelo, disse que a decisão estreita e amadurece a relação histórica com o PT. “O PCdoB tem convicção de que a candidatura da Dilma Rousseff é a candidatura para o momento que o Brasil exige e que o Brasil quer”.

Em documento distribuído durante a convenção nacional, o partido destacou o desempenho do atual governo no enfrentamento à crise financeira “que fez encolher a economia mundial e espalhou desempregos e cortes de direitos sociais pelo mundo afora”. Pelo texto, a legenda diz que Dilma soube enfrentar os impactos negativos da “crise do capitalismo e sob difíceis circunstâncias mostrou a fibra e a competência da mulher brasileira”.

Na lista de ideias e propostas que serão encaminhadas à presidenta, estão pontos como a reforma do Poder Judiciário que assegure acesso ágil à Justiça, controle externo para garantir gestão eficaz, manutenção da atual política do salário mínimo e redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem impacto sobre a remuneração dos trabalhadores.

Leia mais notícias em Política

O PCdoB ainda defende medidas que garantam uma taxa de câmbio competitiva e a dilatação do prazo de cumprimento da meta de inflação para 36 meses. “Isso permite absorver instabilidade de fatores sazonais como é o caso do preço dos alimentos e também uma atuação mais flexível por parte do Banco Central, evitando mudanças bruscas no nível de atividade econômica”.

A presidenta Dilma Rousseff é esperada pelos membros do partido na tarde de hoje, quando a reunião será retomada com as principais lideranças comunistas. O PCdoB ocupa, atualmente, o Ministério do Esporte sob o comando de Aldo Rebelo.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: augusto lima
Não poderia ser diferente, ambos, limparam o caixa da Petrobrás e outros, e quem defende mensaleiro, é igual ou pior que eles. | Denuncie |

Autor: Adeilsa Sekisugi
o atual governo está secando a barriga dos servidores públicos, ou seja, de boa camada da classe media, o que está gerando muito blá blá blá no ambiente de trabalho | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas