política
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Procurador pede multa a Dilma Rousseff e PT por propaganda antecipada O partido teria usado inserções regionais da propaganda gratuita na TV para promover a pré-candidata

Agência Brasil

Publicação: 07/07/2014 21:45 Atualização:

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, entrou hoje (7) com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para multar a presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, e o PT, por propaganda antecipada. Segundo Janot, o partido usou inserções regionais da propaganda gratuita na TV para promover a então pré-candidata.

Leia mais notícias em Política

De acordo com o procurador, as inserções foram veiculadas nos dias 21, 23 e 26 de maio. Na propaganda foram apresentados números sobre a atuação do governo. “A propaganda partidária do PT, em forma de inserção, evidencia nítido desvirtuamento das finalidades do espaço partidário, impregnando-o de caráter eleitoral. Com efeito, na aludida peça publicitária é destacado o passado, que é comparado ao presente, e percebe-se uma clara mensagem de continuísmo futuro, dando contorno eleitoral para a reeleição à Presidência [da República]”, afirma Janot.

Procurada, a assessoria do comitê da campanha de Dilma informou que não foi notificada sobre a representação.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: José A. S. Neto
k k k k k k k k k k k !!!!!! - Não pode falar sobre as realizações porque constrange a oposição. - Não pode falar como era o passado. Tá danado ! ! ! ------- Porque tudo o quer quisermos ver / falar vai demonstrar SUPERIORIDADE DOS GOVERNOS PETISTAS. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas