política
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Oposição crê em propaganda antecipada em bate-papo de Dilma no Facebook Líder do PSDB na Câmara, o deputado Antônio Imbassahy (BA) considera a conversa com internautas sobre o evento uma maneira de tentar se promover e se alavancar nas pesquisas,

Grasielle Castro - Correio Braziliense

Publicação: 08/07/2014 07:03 Atualização: 08/07/2014 08:27

Em bate-papo com internautas sobre a Copa, Dilma prestou homenagem a Neymar (Facebook/Reprodução)
Em bate-papo com internautas sobre a Copa, Dilma prestou homenagem a Neymar


No primeiro dia de agenda oficial da presidente Dilma Rousseff como candidata, no exercício do cargo, a linha que separa a campanha e o comando do Executivo deu um nó. Logo pela manhã, a página pessoal da presidente no Facebook, administrada pelo PT, anunciou que ela responderia ali perguntas sobre a Copa do Mundo às 10h. A publicação foi apagada e, quase duas horas depois, a Secretaria de Comunicação do Planalto informou que a presidente conversaria com internautas na página do Palácio do Planalto. Especialistas dizem que o bate-papo institucional é controverso no aspecto da promoção pessoal e, assim, defendem regras claras sobre o uso da máquina pública.

No bate-papo, Dilma falou sobre vários aspectos do evento, considerou que o gol mais bonito da Seleção foi o do zagueiro David Luiz e que há um pessimismo que ronda a economia. Confirmou que entregará a taça no domingo, torce para que seja para o Brasil e que as vaias “são ossos do ofício”. Ela também postou uma foto fazendo um “T” com os braços, de “é tóis” — uma variação de “é nóis”, em referência ao jogador Neymar. A forma de comunicação pela internet foi anunciada ontem no vídeo de lançamento do site da campanha, como aposta para estreitar o diálogo com os eleitores. Pelo menos três ministros auxiliaram Dilma na conversa com os internautas.

Leia mais notícias em Política

Segundo o presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB-SP, Alberto Rollo, o máximo que a presidente pode fazer é dar notícia. “Em alguns casos, a linha é tênue e difícil de dizer em caráter definitivo se ela deu informação ou fez promoção pessoal”, argumenta. A Advocacia-Geral da União ressaltou, em nota, que a manifestação da presidente no página do Palácio do Planalto foi de natureza institucional. “Ela falou apenas sobre Copa do Mundo, sem nenhuma conotação político-eleitoral”, pontuou.

Líder do PSDB na Câmara, o deputado Antônio Imbassahy (BA) considera a conversa com internautas sobre o evento uma maneira de tentar se promover e se alavancar nas pesquisas, aliando a imagem dela à Copa. “Ela opera a máquina governamental e usará todos os instrumentos à disposição para segurar a queda nas pesquisas. Esse é mais um exemplo disso”, critica.

“O assunto é controverso e por isso há tanta divergência nos tribunais eleitorais. É preciso regras mais claras sobre o uso da máquina”, defende o advogado constitucionalista Erick Pereira.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: henrique gomes
Vai trabalhar... O Brasil vive de forma perigosa c/ a volta da inflação, falta de infra estrutura além dos problemas de saúde, segurança pública, educação e a Dilma no face! | Denuncie |

Autor: CC Batista
É nóis Presidenta!! Na continuidade de ações por um Brasil melhor!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas