política
  • (14) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Quem compareceu ao estádio na abertura da Copa era elite branca, diz Dilma Em entrevista à Globonews, a presidente defendeu a política econômica do governo e sugeriu uma reformulação na base do futebol brasileiro após o término da Copa do Mundo

Diego Abreu

Publicação: 12/07/2014 00:25 Atualização: 12/07/2014 00:59

Presidente aproveitou para elogiar a organização da Copa do Mundo (Evaristo Sa/AFP)
Presidente aproveitou para elogiar a organização da Copa do Mundo


A presidente Dilma Rousseff afirmou, em entrevista exibida na noite desta sexta-feira (11/9) pela Globonews, que os torcedores que estavam no Estádio Itaquerão, em São Paulo, na partida de abertura da Copa do Mundo, eram predominantemente da “elite branca”. Durante o jogo entre Brasil e Croácia, Dilma foi xingada. Na entrevista à jornalista Renata Lo Prete, Dilma defendeu a política econômica de seu governo e sugeriu uma reformulação na base do futebol brasileiro após o término da Copa do Mundo.

“O ministro Gilberto (Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência) disse que essa questão da chamada elite branca, que não fomos nós que inventamos o nome, tinha vazado para alguns segmentos. É opinião dele. Não há porque falar que não, é um absurdo, mas quem compareceu aos estádios, não podemos deixar de considerar, foi predominantemente quem tinha poder aquisitivo para pagar o preço dos ingressos da Fifa, e aí predominantemente uma elite branca. Em alguns casos devia ter 90%, em outros 80%, 75%, mas era dominantemente elite branca”, disse Dilma.

A presidente aproveitou para elogiar a organização da Copa do Mundo. Segundo ela, ouviu-se muito dizer que “o Brasil era incapaz de fazer uma Copa”, mas, na avaliação da petista, o país conseguiu fazer estádios, infraestrutura e uma polícia federativa eficiente. “O exemplo maior do pessimismo era dizer que a Copa seria um caos”, afirmou. Ela lembrou ainda que, desde janeiro, havia menções de que o país teria uma apagão de energia. “Eu sempre disse que não vamos ter (apagão) antes nem durante nem depois da Copa.”

Dilma comentou ainda que o grande aprendizado da derrota do Brasil por 7 a 1 para Alemanha na semifinal da Copa é a consciência de que não é mais possível que o futebol brasileiro exporte tão cedo os talentos. “Não acho correto que os nossos craques saiam cedo desse país, sejam formados em escolas estrangeiras”, frisou. Para ela, é preciso criar o chamado esporte de base.

Questionada sobre o risco de alguns estádios construídos no Brasil se tornarem “elefante branco”, ela foi enfática. “Só existe esse risco se nós não reformarmos o futebol brasileiro.”

Economia

Quanto à economia brasileira, a presidente se esquivou das críticas relativas ao aumento dos juros. De acordo com Dilma, o juro real do seu governo é mais baixo quando comparado com governos anteriores. Dilma ainda defendeu o PT depois de questionada se enfrenta dificuldade para combater a corrupção e escolher partidos aliados. Ela afirmou que o PT não pode ser tratado como o partido que criou a corrupção no Brasil.

A presidente aproveitou para criticar o pessimismo em relação ao país, fato que, na avaliação dela, dificulta a resolução de problemas e tende a se tornar uma "profecia autorrealizável".

Por fim, a presidente mencionou que é preciso avançar na ética. “Temos que avançar na ética, no controle do gasto, na responsabilização de pessoas. Não é possível uma situação que uma pessoa que tem ficha limpa ou ficha suja e um dia de diferença permite ou garante que a pessoa concorra”, destacou.

Esta matéria tem: (14) comentários

Autor: caritas rocha
Isso é inaceitável, a Dona Dilma dizer que quem compareceu no jogo de abertura da copa eram predominantemente da %u201Celite branca%u201D, não entendi, e uma nova raça???? Pq???? os outros, negros, pardos....não podem comprar ingressos????Nos podemos comprar sim Dona Dilma, acontece que as pessoas p | Denuncie |

Autor: moises Souza
...nesse discurso o racismo e a divisão de raças entre elite branca e os "mais humildes" está sendo utilizado exclusivamente para angariar votos. Eu sou pobre e branco e não fui ao estádio assim como vários outros pobres e brancos desse país. Elite branca eram chamados os opressores no apartheid | Denuncie |

Autor: moises Souza
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk essa mulher é uma piada. OGOVERNO trouxe a copa pra cá. O GOVERNO organizou e possibilitou o evento. Se a elite branca era a maioria no estádio é culpa do GOVERNO. GOVERNO DELA. Ela pensa ou os assessores dela que o povo é burro.E não estamos em regime de apartheid... | Denuncie |

Autor: Delmiro Portilho
... se estivessemos com Neymar e Thiago Silva, comemoraria , e´como golear a Argentina sem Messi e Di Maria, nenhum time 11 craques neste nível: A avaliação de estilo de futebol, só amanhã no Maracanã , depois do APITO FINAL ! Go go gol Argentina !!! | Denuncie |

Autor: Roberto Lima
Foi a "elite branca" porque A SENHORA dexou a FIFA submeter os pobres, a quem tanto o PT defende, aos preços exorbitantes cobrados para as partidas. O "povo" que não a "elite branca" - olha o preconceito, hein? - também gostaria de estar presente na partida de abertura. Marketing. Puro marketing! | Denuncie |

Autor: José Araújo
Se era branca ou preta não interessa o que relevante foi a sonora vaia que ela levou. | Denuncie |

Autor: Jose S Cunha Cunha
Essa Senhora é uma maluca - o que ela quer é separar os povos, falar em elite branca é uma tremenda descriminação. No estadio haviam mais de 50 mil bolsa família que receberam ingressos doados desse Governo do PT. | Denuncie |

Autor: osmar mata
Dilma, se vc tivesse criado o bolsa copa teria uma enorme multidão para aplaudi-la. | Denuncie |

Autor: ADILSON
Concordo em número, gênero e grau, é só dar uma olhada nas fotos e vídeos da tribuna que verá a maioria branca, inclusive a nossa presidenta. Ou será que ela não pertence à ELITE? | Denuncie |

Autor: Aldair Cunha
A Sra Presidente tem que perceber que o País é composto de negros, brancos, pardos, índios, ricos e pobres. E ela tem que governar para todos. As causas das vaias são devido às manias que esse governo tem de tentar fazer guerra de classes. Não tinha só "elite branca" tinha todas as classes e raças. | Denuncie |

Autor: augusto lima
Tá bom presidenta, então não são brasileiros??? engraçado em um vídeo, Gilberto Cardoso aquele "investigado" na morte do Celso Daniel, disse que no metrô, tinha gente de todas as classes vaiando o PT, quem está dizendo a verdade? pouco interessa. O povo em geral quer mudança. | Denuncie |

Autor: Marcelo Junqueira
Elite branca, quer dizer que esses não são brasileiros também? Me faça um favor presidente pega a sua esquerda caviar e atrasada e se mude para Cuba, onde a elite branca são seus amigos Castros. | Denuncie |

Autor: Paulo Hoffmann
Senão criou, porque mantem. Hipócrita | Denuncie |

Autor: Sérgio Normando
Pronto! Está comprovado que o preconceito e a discriminação no Brasil persiste e é amplamente divulgada pela cambada do PT (Dilma e seus aliados), não bastasse o absurdo das cotas para negros, agora faz questão de dividir o público dos estádios por cor! Presidenta ridícula. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas