política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Veja como é o perfil dos candidatos que irão disputar as eleições Dados divulgados pelo TSE mostram um aumento no número de candidatos em relação a 2010 e permitem conhecer o "concorrente médio": ele é homem, petista, empresário e quer ser deputado estadual

Andre Shalders - Correio Braziliense

Publicação: 23/07/2014 07:00 Atualização: 22/07/2014 23:56

Propaganda de candidatos na eleição de 2010: número de concorrentes aumentou 10,5% neste ano (Breno Fortes/CB/D.A Press - 28/9/10)
Propaganda de candidatos na eleição de 2010: número de concorrentes aumentou 10,5% neste ano


Dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) permitem ver algumas características do “candidato médio” que se inscreveu para participar da disputa de outubro. Ele é homem (70,3% do total em todos os cargos), declara ter ensino superior completo (45,8%), e tem entre 45 e 49 anos (é a faixa etária mais comum, representada por 17% dos concorrentes), embora a idade avance um pouco nos cargos majoritários, como os de senador.

O cargo com o maior número de candidatos é o de deputado estadual, que será disputado por pouco mais de 65% dos postulantes, ou 16.246 pessoas. O hipotético “candidato médio” é empresário, ocupação declarada por 9,3%. Em seguida, aparecem outras profissões tradicionais entre os políticos, como a de advogado (5,5% do total), servidor público e professor. Curiosamente, 1.067 concorrentes, ou 4,2% do total, disseram ser “deputados”, como se o cargo fosse uma profissão. Outros 1.050 candidatos adotaram vereador como profissão. A disponibilização dos dados dos 24.917 candidatos na internet foi realizada pela Justiça Eleitoral brasileira na tarde de ontem.

Leia mais notícias em Política

A quantidade de candidatos é a primeira surpresa: o número é 10,5% maior do que o de 2010, quando 22.538 cidadãos disputaram as eleições gerais. Nunca antes tanta gente quis conquistar um cargo eletivo, mesmo que eles, os políticos, tenham saído com a imagem mais arranhada do que nunca dos protestos de junho passado.

Outra mudança significativa diz respeito aos partidos. Em 2010, o campeão em número de candidatos foi o Partido Verde, que então abrigava a candidatura à Presidência da ex-senadora Marina Silva. Agora, em 2014, os petistas serão maioria entre os candidatos aos diversos cargos em disputa. Já o PSB, partido pelo qual Marina concorre à Vice-Presidência este ano, saltou do quinto para o segundo lugar em número de candidatos.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas