política
  • (4) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Candidatos participam de sabatina da Confederação Nacional da Agricultura Diante de uma plateia que representa 23% do PIB nacional, presidenciáveis participam hoje de sabatina. Em pauta, os principais problemas do setor, como a falta de infraestrutura e logística

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Étore Medeiros

Publicação: 06/08/2014 06:00 Atualização: 06/08/2014 07:52

O agronegócio, demonizado em décadas anteriores e que se transformou no principal esteio da economia do país, especialmente nos últimos meses, em que o PIB brasileiro passou a patinar, cobrará hoje dos presidenciáveis Eduardo Campos (PSB), Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) a solução para os principais problemas do setor. E que não são poucos: falta de infraestrutura e logística; dificuldade para armanezagem; insegurança jurídica sobre o direito à propriedade; questões ambientais e tecnológicas.

Mesmo com as carências, o setor respondeu, em 2013, por 23% do produto interno bruto do país, o que corresponde a R$ 1,1 trilhão; por 44% das exportações brasileiras no primeiro semestre de 2014; e por 27% da geração de empregos no país no ano passado. O cinturão verde ao redor do Distrito Federal tem quase 100 mil produtores rurais que plantam soja, hortaliças, morango e exercem uma intensa atividade agropecuária.

Leia mais notícias em Política

Embora represente menos de 1% do PIB do DF, a qualidade e a tecnologia avançada tornam o setor fundamental para a balança comercial local: 53% das exportações vêm da avicultura, situado em primeiro lugar; em terceiro lugar, surge a soja, que responde por 24,35% das vendas para fora da capital federal.

Para o deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), os resultados só não são melhores porque os produtores rurais sofrem com a insegurança jurídica no país. “Qualquer parecer de antropólogo coloca milhares de produtores em condições difíceis”, reclamou Caiado. O deputado demista também reclama da falta de incentivos à inovação, afirmando que o governo atual aparelhou a Embrapa. “Os melhores pesquisadores deixaram a estatal ou estão desanimados”, disse ele.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: Julia Diniz
Importantes questões levantadas nessa sabatina, esse setor assim como outros ficou esquecido nos últimos anos... Aécio tem as melhores propostas de mudança!! | Denuncie |

Autor: rosa vieira
Um setor de tamanha importância como é o agronegócio não poderia jamais ter ficado desamparado pelo governo federal. Este, entre tantos outros, é um dos motivos pelos quais temos que fazer uma mudança neste País. A era PT tem que chegar ao fim, eles já não tem nada mais a nos oferecer. #MudaBrasil | Denuncie |

Autor: Sthefanny Silva
O governo do PT não dá atenção que esta pasta merece. O candidato Aécio pretende implantar o superministério da Agricultura que vai agregar a pesca e outras ações parecidas para dar igualdade com a pasta Fazenda e o do Planejamento. | Denuncie |

Autor: Maria Sales
Aécio, como sempre, mandou muito bem na Sabatina, respondendo com clareza as perguntas. Mostrou-se preparado e foi aplaudido de pé. Estou com Aécio. #MudaBrasil | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas