política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ELEIÇÕES » Para sindicalistas, Dilma afirma que está do lado dos trabalhadores A presidente também aproveitou a oportunidade para defender o projeto que institui os Conselhos Populares

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Publicação: 07/08/2014 21:30 Atualização:

No segundo evento em sete dias patrocinado pela Central Única dos Trabalhadores %u2014 desta vez com a presença de representantes de outras entidades sindicais %u2014 a candidata do PT à presidente, Dilma Rousseff, assegurou que tem lado na disputa: o dos trabalhadores. %u201CNão fui eleita em 2010 para arrochar salário, desempregar e tirar direito do trabalhador. Não vim pra isso. Tenho um lado. Meu lado é o do trabalhador, da trabalhadora%u201D, declarou.

A presidente lembrou, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, enquanto os países desenvolvidos encolheram as vagas de emprego, o país gerou, nos últimos anos, 11,5 mil novos postos de trabalho. E disse que manterá a política de valorização do salário mínimo. %u201CEm 2011, aprovamos a política de valorização do salário mínimo. É por isso que a renda cresceu 70%. Hoje questionam essa política. Querem acabar com a política de valorização do salário mínimo%u201D, afirmou.

Dilma também destacou a qualificação de profissionais pelo Pronatec, o Programa Mais Médicos e a Lei que institui os Conselhos Populares. %u201CÉ impossível um governo se dizer democrático se não dialogar com os movimentos sociais e com as organizações da sociedade civil%u201D, declarou a presidente.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas