política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Zé Maria, do PSTU, defende 10% do PIB aplicados em educação pública O candidato, que concorre em sua quarta eleição presidencial consecutiva, também lembrou das manifestações de rua iniciadas no ano passado e pediu o fim da criminalização dos movimentos sociais

Correio Braziliense

Publicação: 08/08/2014 22:35 Atualização: 08/08/2014 22:39

O candidato do PSTU à Presidência da República, Zé Maria, defendeu hoje (8) a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação pública. Ele participou, no início da noite, de uma passeata, no centro do Rio de Janeiro, marcando a abertura do Encontro Nacional de Educação, que ocorre até domingo (10) na capital fluminense.

“Com menos da metade dos recursos públicos que os governos repassam para os bancos e os agiotas do sistema financeiro, seria possível investir na educação pública do país tudo o que é necessário para assegurar desde creches, pré-escola, ensino fundamental até o ensino superior para todas as nossas crianças e jovens. O que falta neste momento no país é recurso público para educação pública.”

Leia mais sobre Política

Zé Maria, que concorre em sua quarta eleição presidencial consecutiva, lembrou das manifestações de rua iniciadas no ano passado e pediu o fim da criminalização dos movimentos sociais. “Nós não apoiamos determinados tipos de ações que alguns movimentos fazem, depredam, quebram vidraça de banco. O nosso problema não é quebrar a vidraça do banco, queremos é tomar o banco do banqueiro e colocar a serviço da sociedade brasileira. Nós não apoiamos isso, porque não ajuda a própria luta dos trabalhadores, afasta as pessoas das manifestações. Mas nós também não apoiamos, em hipótese nenhuma, a criminalização que se faz desses companheiros.”

O candidato criticou o fato das demandas levantadas nas manifestações iniciadas no ano passado não terem sido colocadas em prática pelos governos. “Infelizmente, apesar dos milhões que foram às ruas em junho do ano passado e das centenas de greve que vieram na continuidade daquele processo, os governos não ouvem as demandas dos trabalhadores e da juventude. E não ouvem porque eles governam para os bancos, para as empreiteiras, para as grandes empresas, que agora nós estão financiando a campanha deles.”

Campanha em Brasília

Zé Maria estará em Brasília neste sábado (9), às 17h, na Rodoviária do Plano Piloto, e, às 19h, na Universidade de Brasília (UnB), participando de um debate sobre energia. No domingo, ele estará em Aracaju (SE).

Com informações da Agência Brasil

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas