política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dilma condena edição de perfis de jornalistas na Wikipedia Autor usou a internet do Palácio do Planalto para criticar os profissionais na web

Redação - Correio Braziliense

Publicação: 09/08/2014 16:33 Atualização: 09/08/2014 16:51

Após descobrir que perfis de jornalistas foram editados na Wikipedia, com a internet do Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff anunciou que o autor dos artigos será investigado pela Casa Civil. Na manhã deste sábado (9/8), a presidente cumpriu agenda eleitoral em Osasco (SP) e aproveitou para condenar a ação: "É absolutamente inadmissível, por parte do Planalto, por parte do governo federal ou por parte de qualquer governo".

Na sexta-feira (8/8), as páginas dos jornalistas Carlos Alberto Sardenberg e Miriam Leitão ganharam críticas no site, que permite a colaboração de qualquer internauta. A assessoria de comunicação da Casa Civil divulgou uma nota anunciando que uma comissão de sindicância foi criada para apurar o caso. Para a presidente, é possível identificar o autor das críticas.

Leia, na íntegra, a nota divulgada pela Casa Civil

A presidenta Dilma Rousseff determinou à Casa Civil a constituição imediata de comissão de sindicância para apurar a utilização de computadores do Palácio do Planalto para alterações no Wikipedia.

A comissão será formada pela Casa Civil/Instituto Nacional de Tecnologia da Informação; Ministério das Justiça/Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Secretaria Geral da Presidência da República.

 

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas