política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Lideranças políticas de Pernambuco passam manhã visitando família de Campos Casa do presidenciável teve movimentação intensa

Diário de Pernambuco

Publicação: 15/08/2014 14:44 Atualização:

Durante toda a manhã desta sexta-feira (15), a movimentação na casa do ex-governador Eduardo Campos (PSB) foi intensa devido a visitas que chegavam a todo instante para prestar solidariedade à toda família do presidenciável. Além de familiares, amigos e populares, vários caciques socialistas, aliados e figuras religiosas movimentavam o local. O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), que tem sido porta-voz da família, repassou as notícias que chegaram de São Paulo por meio do governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB).

"Até este momento, os trabalhos não identificaram de maneira definitiva nenhuma das vítimas. Esse trabalho vai decorrer durante o dia de hoje e continuam as projeções, a expectativa de que esses trabalhos possam ser concluídos amanhã", afirmou Geraldo Julio agradecendo em nome da família a solidariedade por todos os envolvidos.

Leia mais notícias em Política

O vice prefeito do Recife, Luciano Siqueira (PCdoB), afirmou que esse é um momento de muita emoção e evitou fazer prognósticos sobre o futuro da política em Pernambuco, sem a liderança de Eduardo. "É uma dor que não vai passar nunca, mas a melhor maneira de homenagear Eduardo é tocar a vida, tocar a luta e vamos viver um momento de passagem, pode-se dizer assim, para seguir adiante, levantando as bandeiras que sempre levantamos juntos. A política fica para depois". O ex-governador de Pernambuco Joaquim Francisco (PSB) também afirmou que sente a dimensão da perda de Eduardo e que vai seguir as bandeiras do ex-governador. "Sentimos a dimensão da perda de Eduardo. Nós vamos unir forças, muita fé para superar e sobretudo levar adiante a mensagem dele de esperança ao Brasil, enfim, da contrução positiva do Brasil de amanhã. A maturidade, o espirito de equipe, de união e o exemplo dele guiará os próximos passos seguindo a ideia que ele queria".

O prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), classificou Eduardo como o "timoneiro de Pernambuco" e lamentou a morte de um grande líder brasileiro. "Caruaru, assim como o estado todo, está impactada e ainda estamos deixando a ficha cair, procurando um norte. Quando se perde um timoneiro, a gente procura um norte. É o que está acontecendo hoje, até que a gente refaça as forças e as energias", afirmou o gestor.

O bispo de Caruaru, dom Bernardino Marchió também esteve presente para levar uma mensagem para a família de Eduardo."Agradecemos a Deus por essa família bonita que Eduardo constriu ao lado de Renata. Essa família bonita têm condições de levar para frente os sonhos de Eduardo, têm condições de trabalhar pelo bem do Brasil, então é uma mensagem de esparança e uma mensagem de confiança em Deus".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas