política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eduardo Jorge defende incentivo à alimentação vegetariana Presidenciável do PV assina termo de compromisso com a Sociedade Vegetariana Brasileira

Agência Brasil

Publicação: 22/08/2014 18:14 Atualização: 22/08/2014 18:39


O candidato à Presidência da República Eduardo Jorge (PV) defendeu hoje (22) a promoção da alimentação vegetariana como uma escolha ética, saudável e sustentável para a população e a implementação de políticas de incentivo à alimentação vegetariana, caso seja eleito. Ele assinou um termo de compromisso com a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

A carta sugere que sejam feitas campanhas educativas sobre os benefícios do vegetarianismo, estímulo à oferta de opções vegetarianas em estabelecimentos públicos e privados, implantação de benefícios fiscais e incentivo para o desenvolvimento, fabricação e comercialização de alimentos substitutos à carne, e alimentação vegetariana pelo menos um dia da semana nas escolas públicas, repartições públicas e estabelecimentos que oferecem refeições em órgãos públicos.

Leia mais notícias em Política


Eduardo Jorge disse que o PV já incorporou em seu programa de governo a ideia da alimentação vegetariana como forma de garantir a saúde dos brasileiros, o equilíbrio do meio ambiente e o respeito às outras espécies. “Não é uma posição impositiva, porque ninguém pode ser vegetariano por obrigação ou imposição de ninguém. Nossa ideia é dar o nosso exemplo pessoal. E essa transformação pode ser feita gradativamente”, disse o candidato, que é vegetariano há pelo menos 20 anos.

Além disso, a carta pede a eliminação do tratamento privilegiado às atividades pecuárias, incluindo frigoríficos, abatedouros, granjas, incubatórios e outros locais dedicados à reprodução, criação, manutenção, transporte, abate e processamento de animais. “Não devemos dar subsídios com dinheiro do povo, com impostos para estimular empresas que vivem da produção de carne, como faz o BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social]”, disse o candidato.

O documento cobra a posição dos órgãos de saúde e nutrição reconhecendo a adoção da alimentação vegetariana como nutricionalmente completa e que contribui para a prevenção de doenças crônicas não infecciosas, como obesidade e diabetes. “É preciso esclarecer melhor a população de que a alimentação vegetariana é muito melhor e segura para o ser humano desde que seja feita de forma equilibrada”, ressaltou. De acordo com a SVB, a carta será distribuída a todos os candidatos à Presidência da República.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas