política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

"Aproveito para fazer supervisão e fiscalização das obras", diz Dilma A candidata à reeleição virou alvo de críticas da oposição por campanha no horário do expediente

Publicação: 23/08/2014 09:02 Atualização:

Candidata à reeleição, a presidente Dilma Rousseff (PT) se tornou alvo de críticas nas últimas semanas devido à participação diária em atos de campanha. Segundo a oposição, a intensa agenda de eventos de cunho eleitoral atrapalha a gestão do país, especialmente porque muitos atos são promovidos em horário de expediente. Ontem, no entanto, ela negou que a campanha atrapalhe a atuação como chefe de Estado. “A minha ação como presidente passa por olhar obras”, disse.

“Agora, aproveito meu tempo como candidata para fazer duas coisas: faço supervisão das obras, fiscalizo as obras. Você sabe aquela frase célebre: ‘O olho do dono engorda o boi?’ Se tiver alguma coisa errada, eu, como presidente, vou ver”, completou a petista, em entrevista em uma estação de trens urbanos em Porto Alegre.

Para a oposição, no entanto, a declaração de Dilma é uma “confissão de crime eleitoral”. “Ela está assumindo que usa toda a estrutura da Presidência para fazer campanha. O pior de tudo é que é propaganda enganosa. Ela mostra obras que já deveriam estar prontas há mais de quatro anos como se fossem iniciativa dela. Ou seja, ela faz uma maquiagem dos próprios defeitos”, diz o coordenador-geral da campanha do presidenciável Aécio Neves (PSDB), senador José Agripino Maia (DEM-RN).

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas