política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ELEIÇÕES 2014 » Debate é primeiro grande desafio para os candidatos à Presidência Após os dados da pesquisa Ibope divulgada hoje, presidenciáveis aproveitam a oportunidade para mostrar propostas

Denise Rothenburg

Publicação: 26/08/2014 20:55 Atualização: 26/08/2014 22:52

São Paulo - O primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República, às 22h desta terça-feira (26/8), é também considerado como o primeiro grande teste para Marina Silva (PSB). Poucas horas após a divulgação de pesquisa de intenção de votos que a consolida como segunda colocada na preferência do eleitorado, na cola de Dilma Rousseff, Marina terá de enfrentar a reação dos oponentes, que já tentarão arrefecer o quadro favorável à ambientalista.

O deputado federal Bruno Araújo (PSDB-PE), estrategista da campanha do tucano Aécio Neves, diz que ninguém tem hoje um plano seguro para reverter o quadro anunciado pela pesquisa do Ibope, favorável a Marina. Todos estão apostando no debate como forma de começar a botar tudo nos eixos. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), já chegou à sede da emissora Bandeirantes, que promove o debate.

Marina chegou à emissora acompanhada pelo vice, Beto Albuquerque (PSB-RS), e por Walter Feldman, coordenador da campanha. A ex-senadora passou a tarde se preparando para o confronto, também por considerar o momento como crucial, mas para manter o percentual de votos atingido.

Dima Rousseff (PT), candidata à reeleição, será a última a chegar ao local, às 21h30. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, disse que esteve com a presidente, ontem, repassando dados sobre o governo. "Ela nem precisa, porque tem os dados na cabeça", disse Belchior. "Vamos mostrar que Dilma é mais preparada para governar", garantiu o presidente do PT paulista, Emídio de Souza.

 (Denise Rotenburgh/Esp.CB/D.A Press)


Cada coligação tem uma sala reservada, uma espécie de área VIP, onde os postulantes ao Planalto podem se reunir com a cúpula dos staffs de campanha, como marketeiros e assessores de programa de governo. Aos jornalistas credenciados foi reservado um lounge, até que a entrada no estúdio seja liberada. Alguns políticos e assessores também passam pelo local.

Além dos três principais candidatos ao Planalto, o debate também terá a participação dos candidatos Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSol), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB).

Outros números

O presidente do PT, Rui Falcão, disse que o partido tem números que também apontam Marina como segundo lugar nas intenções de voto, mas com uma distância maior em relação a Dilma Rousseff. "Nossos números são melhores para nós do que os números do Ibope", garantiu o petista, sem dar detalhes do levantamento.

Questionado sobre cenários para o segundo turno, Falcão não falou sobre números. "Segundo turno é outra eleição. Primeiro temos que ver quem vai para o segundo turno", respondeu.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

:: Publicidade

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas