política
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Em evento com operários, Aécio diz que manterá reajuste real do mínimo Tucano promete correção anual do salário mínimo acrescida de reajuste real para compensar defasagem

Agência Brasil

Publicação: 28/08/2014 14:22 Atualização: 28/08/2014 14:31

Aécio Neves também voltou a defender que 'o Brasil não é para principiantes', em referência a Marina Silva  (Marcus Fernandes/Coligação Muda Brasil)
Aécio Neves também voltou a defender que "o Brasil não é para principiantes", em referência a Marina Silva

O candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) disse hoje (28) que continuará com a política de reajuste real do salário mínimo em seu governo, caso seja eleito. Ele participou nessa manhã de uma conversa com operários da construção civil no bairro da Barra Funda, zona oeste da capital paulista.

Aécio disse ainda que fará o reajuste da tabela do Imposto de Renda de acordo com a inflação e a correção da defasagens acumulada nos últimos anos. Os aposentados também seriam beneficiados. “Estamos aqui para reiterar nosso compromisso de buscar dar aos aposentados, também, um reajuste real das suas aposentadorias e, principalmente, garantir a retomada do crescimento da economia brasileira”, declarou.

Na economia, o candidato garantiu que vai combater a inflação. “Nós, que acabamos com a inflação lá atrás, temos autoridade para dizer que, para nós, a inflação é tolerância zero”, disse ele. Aécio declarou que o crescimento da economia sustentará a geração de empregos.



“O atual governo perdeu a capacidade de gerar as expectativas necessárias à retomada do crescimento da nossa economia. Estamos no momento do início de um novo ciclo de governo no Brasil, responsável, experiente e ousado, do ponto de vista das reformas, que vão permitir ao Brasil garantir um crescimento maior”, garantiu.

As centrais sindicais, além disso, receberão atenção especial em seu governo, prometeu o candidato. “Estou assumindo um compromisso de diálogo permanente com as centrais sindicais, essencial para encontrarmos caminhos que deem ao trabalhador brasileiro a segurança e as expectativas que ele precisa ter”.

O candidato destacou que a experiência de governar será importante para o próximo presidente eleito. “O que posso afirmar é que o Brasil não é para principiantes. O Brasil é para gente experiente e competente. Temos os melhores quadros e aqui estou eu, cercado deles, para fazer com que o Brasil volte a crescer, volte a gerar empregos de maior qualidade e em quantidade”, declarou.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Luiz Carlos Grangeiro
Se a inflação não for controlada não adianta um salario mínimo real. Receber um pouco mais de 2.000 por mês, mas abastecer o carro por 300 ou a compra semanal por 600. Hoje com 50 reais mal dá para curtir um sábado. | Denuncie |

Autor: Aloisio Antonio Cabral
Para haver seriedade nas promessas elas deveriam sere registradas em cartório,com o compromisso de sair do cargo sobre a pecha de mentiroso e politiqueiro. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas