política
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aécio acusa Marina de plagiar propostas do PSDB em plano de governo O tucano convocou coletiva em que subiu o tom dos ataques, principalmente à candidata do PSB, a quem chamou de "metamorfose ambulante"

Marcelo Ernesto - x

Publicação: 02/09/2014 21:54 Atualização: 02/09/2014 22:54


 (Orlando Brito/Coligação Muda Brasil)


O senador Aécio Neves (PSDB), que concorre à Presidência da República, disse nesta terça-feira (2/9) que não tem dúvidas de que irá disputar o segundo turno das eleições. Acompanhado de lideranças tucanas, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), Aécio convocou uma coletiva em que subiu o tom dos ataques às adversárias Dilma Rousseff e, principalmente, Marina Silva (PSB), que desde a morte de Eduardo Campos em um acidente de avião, vem subindo nas pesquisas. O senador acusou a socialista de plagiar parte do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH), lançados por FHC em 2002. "O capítulo do programa de Marina é uma cópia exata do PNDH de FHC. Ela poderia ter pelo menos dado crédito aos autores verdadeiros da proposta e a FHC", disse.



Aécio ainda chamou Marina de "metamorfose ambulante", por ela ter recuado de políticas para o público LGBT anunciadas inicialmente em seu programa de governo. "De um lado, temos um governo que reage aos índices de pesquisa, alterando suas convicções com certo desespero, o que não é bom. De outro, o que vejo é uma candidatura que mais se assemelha a uma metamorfose ambulante, que altera suas convicções ao sabor das circunstâncias."

Leia mais sobre Política


O tucano ainda afirmou que a pessebista é cheia de contradições e listou alguns pontos em que ela apresentou, segundo ele, posições contraditórias. "Em quais Marinas o eleitor pretende votar, a que ataca ou a que foi do PT? A que defende os pilares macroeconômicos ou a que votou contra a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) no Congresso Nacional quando era do PT? É a Marina que se calou no escândalo do mensalão e continuou no governo petista?", falou.

Além de Marina, Aécio voltou a criticar a adversária do PT, presidente Dilma Rousseff, dizendo, mais uma vez, que sua candidatura fracassou e que está convencido de que Dilma vai perder essas eleições. E justificou que isso vai ocorrer porque "o governo do PT vai entregar o país em condições piores, com inflação e juros em alta, recessão e crise de confiança".

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Álvaro AR
Espero que Marina, não venha construir aeroporto em propriedade familiar, e trafegar com carteira vencida. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas