política
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dilma diz que proposta de Marina sobre bancos é 'inacreditável e temerária' A candidata à reeleição ainda criticou a adversária dizendo que não basta apenas dizer que vai fazer algo, já que papel aceita tudo

Juliana Cipriani

Marcelo Ernesto - x

Publicação: 03/09/2014 17:49 Atualização:

Dilma negou que seu partido esteja usando a estratégia do medo para tentar neutralizar a força de Marina na disputa (Leandro Couri/EM/D.A Press)
Dilma negou que seu partido esteja usando a estratégia do medo para tentar neutralizar a força de Marina na disputa


Em visita a Belo Horizonte nesta quarta-feira, onde fez seu primeiro ato de campanha na rua, a presidente Dilma Rousseff (PT) voltou a criticar a concorrente Marina Silva (PSB). Assim como fez no debate na última segunda-feira, em que questionou de onde a socialista tiraria os recursos para bancar as propostas que vem fazendo, a petista cobrou “responsabilidade” da adversária. Dilma classificou de “temerária” e “inacreditável” a proposta, feita pela ex-senadora, de reduzir o papel dos bancos públicos. “Quando você dirige um país com responsabilidade com dia seguinte, não basta dizer porque você sabe que papel aceita tudo”, disse durante a passagem por Venda Nova, Norte da capital.



“Estou dizendo que quando você escreve que vai reduzir o papel dos bancos públicos tem uma consequência, assim como quando você diz: vou antecipar 10% do PIB para educação e 10% para a saúde, antecipar impostos para municípios. O problema é que você tem que dizer de onde vai sair”, disse. No entendimento da candidata à reeleição a medida relacionada ao papel dos bancos pode causar desemprego. “Se você tomar essas medidas que estão sendo propostas (os empregos) correm risco sim”.

Dilma disse que na crise internacional de 2009 foram os três bancos públicos que “seguraram” e garantiram os créditos a empresas públicas que não conseguiam recursos no mercado internacional. “O papel dos bancos não é algo que simplesmente se escreve que vai ser assim ou assado. É bom conhecer como funciona pra depois propor”, disse a presidente mais uma vez se referindo a Marina.

 Mais cedo a presidente participou da abertura da 8ª Olimpíada do Conhecimento, promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). No local, ela afirmou que admitiu que a economia brasileira passa por uma "situação complexa".

Leia mais notícias em Política

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Jorge Magalhaes
A candidata Dilma está desesperada, atirando para todos os lugares. Ela utiliza os bancos públicos para financiar sua campanha e agora está contra a iniciativa privada. Esses incompetentes querem transformar o Brasil em "Nova Cuba". | Denuncie |

Autor: Luiz Nunes
Inacreditável e temerária foi a administração dela. Quatro anos de fracassos. | Denuncie |

Autor: Jorge Magalhães
A frase que deveria ter sido pronunciada. De Marina Silva para Dilma e Aécio sobre os ataques eleitorais : "Enquanto os cães ladram a caravana passa". A esperança vencerá o medo. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas