SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Jungmann é exonerado da Defesa, mas retoma o posto amanhã

De acordo com o ministério, a exoneração acontece para que Jungmann reassuma o posto de deputado federal, de acordo com o artigo 56 da Constituição Federal e artigo 241 do Regimento Interno da Câmara

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/10/2016 18:34

Agência Estado

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, foi exonerado do cargo em edição extra do Diário Oficial, mas retornará ao posto nesta quarta-feira (19/10). O ato foi assinado pelo presidente em exercício Rodrigo Maia. De acordo com o ministério, a exoneração acontece para que Jungmann reassuma o posto de deputado federal, de acordo com o artigo 56 da Constituição Federal e artigo 241 do Regimento Interno da Câmara.


"Isso ocorre porque, caso contrário, o ministro Raul Jungmann perderia a vaga de suplente do deputado federal Mendonça Filho, hoje ministro de Estado da Educação. Amanhã (19/10), Raul Jungmann retorna oficialmente ao posto de Ministro de Estado da Defesa do presidente Michel Temer, em ato de nomeação a ser publicado no Diário Oficial da União", explica o ministério da Defesa, em nota.

 

Leia mais em Política 

 

Segundo a pasta, amanhã na mesma edição do DOU será publica autorização de viagem do ministro Raul Jungmann a Cabo Verde. O ministro irá representar o presidente Michel Temer na cerimônia de posse do presidente cabo-verdeano Jorge Carlos Fonseca.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade