SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Cunha recebe visita da mulher na carceragem da PF em Curitiba

Cláudia foi à sede da PF acompanhada de um advogado. As visitas aos presos na carceragem da PF ocorrem apenas às quartas-feiras

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/10/2016 14:20

Agência Estado

HEULER ANDREY

 

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recebeu a visita da mulher, Cláudia, nesta sexta-feira (21/10), na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, base da Operação Lava Jato. O peemedebista foi preso por ordem do juiz federal Sérgio Moro em ação penal por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no esquema de propinas instalado na Petrobras.


Cláudia foi à sede da PF acompanhada de um advogado. As visitas aos presos na carceragem da PF ocorrem apenas às quartas-feiras. A ida de Cláudia à PF nesta sexta foi uma "concessão" que já foi dada a outros presos da Lava Jato, segundo a PF. Na saída do prédio da PF, ela foi filmada pelo jornalista José Vianna, da RPC Curitiba.

 

Leia mais em Política 

 

Cláudia não respondeu a nenhuma pergunta dos repórteres que a abordaram. A mulher de Eduardo Cunha também é ré em ação da Lava-Jato. A investigação mostra que ela gastou mais de US$ 1 milhão em compras de roupas, sapatos e bolsas de grife, além de frequentar restaurantes caros e se hospedar em hotéis de alto padrão na Europa nos tempos em que o marido desfrutava de poder e influência em Brasília.

 

O dinheiro que Cláudia gastou teria tido origem na propina de US$ 1,5 milhão que o marido recebeu no contrato da Petrobras para exploração do campo de Benin, na África.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade