SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Doria: falei para Temer que quero que aliança federal entre PSDB e PMDB

Ainda de acordo com o prefeito eleito, a reação de Temer foi positiva; "ele sorriu. Acho que um sorriso... Bem, não foi um sorriso frio", avaliou

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/10/2016 21:12 / atualizado em 25/10/2016 21:19

Agência Estado

O prefeito eleito de São Paulo, João Doria, disse que dividiu com o presidente Michel Temer sua intenção em expandir as alianças entre PSDB e PMDB, visando eleições de 2018. "Disse a ele que espero que essa aliança construída agora na cidade São Paulo possa ser ampliada para o Estado de São Paulo e para o plano federal", relatou.

Ainda de acordo com o prefeito eleito, a reação de Temer foi positiva. "Ele sorriu. Acho que um sorriso... Bem, não foi um sorriso frio", avaliou.


Leia mais notícias em Política

 

 

No governo federal atual, PMDB e PSDB já possuem uma aliança. A eleição de Doria em São Paulo abriu espaço para uma aliança também em âmbito municipal. Mas ainda há incertezas sobre a atuação conjunta dos partidos nas eleições de 2018, já que as duas siglas gostariam de lançar candidatos próprios à Presidência.

Homem forte do governo Temer, o peemedebista Moreira Franco chegou a considerar a possibilidade de aliança entre as legendas para 2018, mas disse que a ideia ainda é embrionária.

Ministros

O prefeito eleito de São Paulo encerrou sua agenda em Brasília depois de encontrar também o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e a bancada do PSDB na Câmara. Entretanto, ele disse que pretende voltar à Brasília ainda antes de tomar posse em janeiro para visitar ministros.

"Pretendo voltar antes de assumir para visitar os ministérios. Estarei muito presente aqui em Brasília para construir propostas positivas para a cidade de São Paulo", afirmou.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade