SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

STJ envia denúncia contra Fernando Pimentel à Assembleia Legislativa de MG

Denúncia contra o governador é por corrupção passiva, lavagem e ocultação de bens e valores por ter supostamente recebido vantagens indevidas enquanto era ministro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2016 06:00

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) enviou à Assembleia Legislativa de Minas Gerais a denúncia do Ministério Público Federal contra o governador de Minas, Fernando Pimentel, alvo da Operação Acrônimo, da Polícia Federal. A chegada da documentação dá início ao rito de decisão, por parte dos parlamentares, sobre a aceitação ou não da denúncia pelo STJ. No último dia 5, a Corte decidiu que a Assembleia seria a responsável pela decisão.

A denúncia do Ministério Público Federal contra o governador é por corrupção passiva, lavagem e ocultação de bens e valores por ter supostamente recebido vantagens indevidas no período em que exerceu o cargo de ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, durante o governo da presidente cassada Dilma Rousseff.

Afastamento

 Caso os parlamentares decidam que o STJ deva acatar a denúncia, o governador poderá ser afastado do cargo. O cenário na Casa, no entanto, é favorável a Pimentel, que precisa dos votos de apenas 26 dos 77 parlamentares para evitar que a denúncia seja aceita pelo STJ.

 

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.